Prefeitura Municipal de Vitória

Atalhos de teclado:

Notícias

Servidora da Cultura participará de Encontro Nacional de Leitura Inclusiva

Publicada em 07/08/2019, às 08h00

Por Leo Vais (levsilva@vitoria.es.gov.br) | Com edição de Matheus Thebaldi


Imagem divulgação

Leitura Inclusiva

Lilian (no centro, de óculos) foi eleita pelos membros do Grupo de Trabalho do Espírito Santo para participar do Encontro de Leitura Inclusiva (Ampliar imagem)

Entre os dias 7 e 9 de agosto, acontecerá o II Encontro Nacional da Rede de Leitura Inclusiva, uma iniciativa da Fundação Dorina Nowill para Cegos, em São Paulo.

O evento tem como objetivo criar espaços para compartilhar experiências e oportunidades, promover desafios e, sobretudo, fortalecer as ações e iniciativas voltadas ao direito ao livro, à leitura e à literatura em formato acessível em todo o território brasileiro.

O Grupo de Trabalho do Espírito Santo (GT-ES), conectado à Rede Nacional de Leitura Inclusiva, representará o território capixaba. Os representantes foram eleitos na última reunião do GT-ES, que aconteceu na Biblioteca Pública do Espírito Santo “Levy Curcio da Rocha”, na Enseada do Suá, no dia 12 de junho.

Os representantes do Estado no evento são a servidora da Secretaria Municipal de Cultura de Vitória (Semc) Lilian Menenguci; e a assessora especial Marisane Olívia de Vasconcelos Barcelos, suplente de Sandro Bermudes Machado, instrutor de informática – ambos da Biblioteca Pública do Espírito Santo. Além deles, Eliana Terra Barbosa, coordenadora das bibliotecas escolares da Prefeitura de Vila-Velha, convidada pela Fundação Dorina Nowill.

Responsabilidade

Lilian Menenguci considera uma grande responsabilidade ser uma das representantes do Estado no evento. "Participar dessa ação reitera nosso compromisso, pessoal e coletivo, com as políticas e práticas da área de acessibilidade para a construção de uma sociedade que seja, indistintamente, para todos".

Ela acredita que a troca de experiências com participantes de todo o País irá enriquecer o debate e as ações acerca da acessibilidade. "Além de levar para o evento a crescente disposição de tecer políticas e práticas inclusivas, junto com tanta gente do Brasil inteiro, pretendo contribuir a partir da socialização das experiências, teóricas e práticas que acumulamos e construímos".

Programação

O evento traz em sua programação o lançamento da pesquisa “Cenários sobre a Leitura Acessível no Brasil”, desenvolvida junto com o Instituto Data Folha, além de painéis sobre leitura inclusiva em diferentes territórios e conversas com escritores convidados.

No dia 9 de agosto, o ator e escritor Lázaro Ramos participará da ação "Conversas sobre os meus livros", com editores, bibliotecários, educadores e leitores.

As despesas dos participantes serão custeadas pela Fundação Dorina Nowill.

O que é a Rede de Leitura Inclusiva

A Rede de Leitura Inclusiva é um projeto realizado pela Fundação Dorina Nowill para Cegos com o objetivo de fomentar o acesso à Leitura e à informação para pessoas com deficiência. Busca, além de fornecer livros acessíveis, engajar os profissionais que atuam como intermediários da leitura para que esse público também seja contemplado em suas atividades.

Acontece, desde 2013, em todo o Brasil, onde cada Estado é mobilizado a formar Grupos de Trabalho (GT´s) para que construam novas ações de leitura inclusiva ou potencializem as já existentes.

Esses grupos são compostos por diversos profissionais, como audiodescritores, artistas, bibliotecários, contadores de histórias, educadores, gestores públicos, mediadores de leitura, professores, pesquisadores, tradutores intérpretes de Libras entre outros agentes culturais que compartilham experiências e oportunidades para atuação, colaborativa, em seus territórios.

Leitura inclusiva: o que é?

O objetivo principal da leitura inclusiva é tornar a leitura acessível a todas as pessoas. Nesse caso, de maneira particular, para as pessoas com deficiência, mobilidade reduzida, surdez, entre outras, por meio de diferentes estratégias, metodologias e recursos de tecnologia assistiva. Como exemplo, os livros em Braille e os áudio books, mecanismos que facilitam e aproximam a literatura de quem não enxerga.

A intenção do projeto Rede de Leitura Inclusiva é mobilizar e estreitar o relacionamento entre educadores, mediadores de leitura, governos, agentes de bibliotecas e de organizações sociais para disseminar a leitura inclusiva pelo Brasil e aproximar a pessoa com deficiência do mundo da leitura.


Para dúvidas ou informações sobre os serviços da Prefeitura, ligue 156 ou use o serviço on-line.


Voltar para o topo

Prefeitura Municipal de Vitória
Avenida Marechal Mascarenhas de Moraes, 1.927
Bento Ferreira, Vitória, ES - CEP: 29.050-945
Telefone: (27) 3382-6000 (Atendimento ao público de 12h às 19h)
Voltar ao topo do site