Prefeitura Municipal de Vitória

Atalhos de teclado:

Acesso rápido


Saúde da Criança e Adolescente

Conheça as medidas direcionadas para a saúde das crianças e adolescentes

Lista com as unidades de saúde de cada bairro

As unidades de saúde funcionam de segunda a sexta-feira.

29 ocorrência(s)
Nome da unidade Endereço Telefone Horário
Unidade de Saúde - Andorinhas - Dr. Luis Claudio Passos Rua Emílio Ferreira da Silva, 160
Andorinhas
3382-6759 7h às 17h
Unidade de Saúde - Bonfim - Thomaz Tommassi Avenida Marechal Campos, 1490
Bonfim
3382-3056, 3132-2055 7h às 18h
Unidade de Saúde Alagoano - Ariovaldo Favalessa Servidão Ernesto Caliari, S/N
Caratoíra
3132-5112, 3132-5196, 3222-1997 7h às 17h
Unidade de Saúde - Centro - Geny Grijó Rua Cais de São Francisco, 54
Centro
3132-5102 7h às 18h
Unidade de Saúde - Fonte Grande - Dr. Affonso Schwab Rua Graciano Neves, 352
Centro
3132-5117 7h às 18h
Unidade de Saúde São Pedro V - Conquista/Nova Palestina - Maria Leda Santos Rodovia Serafim Derenzi, 6090
Conquista
3317-9610 7h às 17h
Unidade de Saúde - da Penha - Dr. Gilson Santos Rua Padre Luiz Koester, 78
Da Penha
3224-1893, 3382-3062, 3382-6760, 3382-6761 7h às 18h
Unidade de Saúde - do Quadro - Avelina Maria Lacerda Gonçalves Rua Lucidato Vieira Falcão, 5
Do Quadro
3132-5195 7h às 18h
Unidade de Saúde - Praia do Suá - Lucilo Borges Sant’anna Avenida João Baptista Parra, 45
Enseada do Suá
3382-6512 7h às 18h
Unidade de Saúde - Forte São João - Dr. Bolivar de Abreu Avenida Marechal Mascarenhas de Moraes, 1185
Forte São João
3132-5191 7h às 18h
Unidade de Saúde - Grande Vitória Rua da Vitória 1, 112
Grande Vitória
3323-9222, 3323-9312 7h às 17h
Unidade de Saúde Consolação - Maria Rangel dos Passos Rua Desembargador Otávio de Carvalho Lengruber, 185
Gurigica
3382-6744 7h às 18h
Unidade de Saúde - Ilha de Santa Maria Rua Hermes Curry Carneiro, 360
Ilha de Santa Maria
3132-5089 7h às 17h
Unidade de Saúde - Ilha do Príncipe - Dr. Manoel Rocha Coutinho Rua Fenelon Gomes, 138
Ilha do Príncipe
3132-2116 7h às 17h
Unidade de Saúde - Itararé - Dilson dos Santos Loureiro Rua Doutor Arlindo Sodré, 260
Itararé
3382-6413, 3382-6725, 3381-6913 7h às 18h
Unidade de Saúde - Jabour - Dr. Carlito Von Shilgen Rua Engenheiro César Dantas, 176
Jabour
3135-2030 7h às 19h
Unidade de Saúde - Jardim Camburi - Raul Oliveira Nunes Rua Belmiro Teixeira Pimenta, 640
Jardim Camburi
3138-8130 7h às 21h
Unidade de Saúde - Jardim da Penha (Otaviano Rodrigues de Carvalho) Avenida Francisco Generoso da Fonseca, 320
Jardim da Penha
3315-7921, 3382-6749 7h às 20h
Unidade de Saúde - Jesus de Nazaré - Dr. Luiz Castellar da Silva Rua Helena Muller, 168
Jesus de Nazareth
3382-6741 7h às 17h
Unidade de Saúde - Maria Ortiz Rua Professor Renato Ribeiro dos Santos, 271
Maria Ortiz
3135-2034 7h às 20h
Unidade de Saúde - Maruípe Rua Victor Fritoli Navarro, 20
Maruípe
3382-6742 7h às 21h
Unidade de Saúde - República - Dr. Jolindo Martins Avenida Rozendo Serapião de Souza Filho, 490
República
3135-2035 7h às 18h
Unidade de Saúde - Resistência Rua Nossa Senhora da Conceição, 270
Resistência
3382-6762 7h às 17h
Unidade de Saúde - Santa Luíza - Dr. José Moysés Rua Doutor João Carlos de Souza, 330
Santa Luíza
3135-3004, 3135-3005, 3385-4542 7h às 17h
Unidade de Saude - Santa Martha - Benedito Gomes da Silva Rua Getúlio Miranda, 70
Santa Martha
3324-7558 7h às 18h
Unidade de Saúde - Santo Antônio - Júlio Cézar Prates Mattos Rua Ernesto Bassini, 165
Santa Tereza
3132-5098 7h às 18h
Unidade de Saúde - Santo André Rua da Coragem, 180
Santo André
3323-7222, 3332-7825 7h às 17h
Unidade de Saúde - Ilha das Caieiras - Vereador Nenel Miranda Rua Felicidade Correia dos Santos, 40
São Pedro
3132-5086 7h às 17h
Unidade de Saúde - São Cristovão Rua Alcides Lyrio do Nascimento, 60
Tabuazeiro
3345-8965, 3345-8007 7h às 18h

Fonte: Secretaria de Saúde

Última atualização em 27/09/2017

Voltar para o topo

Alimentação especial para recém-nascidos na rede

Em Vitória, os bebês cujas mães não podem amamentar recebem cuidados especiais. O Programa Municipal de Fórmulas Especiais na Primeira Infância (Prociam) é desenvolvido pela Secretaria Municipal de Saúde (Semus) e atende crianças em fase de aleitamento materno e que estão impossibilitadas de receber o leite materno, seja porque a mãe faz uso de medicamentos contraindicados na fase da amamentação, seja porque ela é usuária de determinados entorpecentes, entre outras situações. Essas crianças recebem uma fórmula alimentar modificada para garantir a sua segurança alimentar.

Esses bebês são identificados por meio do Monitoramento e Busca Ativa de Nascidos Vivos, realizado pelas unidades de saúde do município.

Quando a mãe é usuária de drogas ou medicamento, a amamentação não é recomendável porque pode causar alterações neurológicas, convulsões, arritmias cardíacas, alterações comportamentais, entre outros problemas no bebê.

Nesses casos, o atendimento é feito pelas unidades de saúde do município, por meio de profissionais que acompanham o desenvolvimento da criança e a saúde da mãe. Nas situações em que há riscos à saúde do bebê e o seu adequado desenvolvimento esteja comprometido, a Rede de Proteção Social da Criança é acionada.

Última atualização em 18/07/2014

Voltar para o topo

Rede pública de saúde oferece vacinas

Carlos Antolini

Criança no colo do pai sendo vacinada contra gripe

A saúde das crianças depende da imunização adequada, o que previne contra várias doenças graves. O controle da imunização pode ser feito por meio da Caderneta de Saúde da Criança, um importante instrumento para acompanhar a saúde, o crescimento e o desenvolvimento desde o nascimento até os 10 anos de idade. O município de Vitória disponibiliza essa caderneta em todas as maternidades de Vitória.

A Caderneta da Criança deve ser incorporada pelos profissionais de saúde e pelas famílias como uma ferramenta para o acompanhamento de saúde das crianças e como expressão de cidadania e conquista de direitos da população infantil de Vitória.

Consulte o calendário básico de vacinação da criança, divulgado pelo Ministério da Saúde, para saber as vacinas disponíveis na rede pública. Depois, verifique qual é a unidade de saúde mais próxima.

Última atualização em 21/07/2014

Voltar para o topo

Crianças são visitadas em casa por equipes de saúde

Equipes de Saúde da Família fazem visitas às famílias com recém-nascidos em Vitória a fim de orientá-las sobre vacinas, consultas médicas, primeiros cuidados com higiene do bebê e aleitamento materno. A proposta é garantir a assistência ao recém-nascido conforme calendário de rotina para o primeiro ano de vida. Nessa visita é agendada a primeira consulta da criança com o médico da família, na unidade de saúde.

Alta hospitalar

Equipes de saúde também realizam visitas a crianças menores de 5 anos moradoras de Vitória que estiveram internadas em em hospitais públicos ou conveniados ao SUS. Os objetivos são identificar situações de risco para a saúde dessas crianças e diminuir as chances de uma reinternação e até de mortes em crianças pequenas.

Os recém-nascidos em Utin's públicas e particulares também são monitorados por meio de visita domiciliar e recebem acompanhamento pós-alta.

A vigilância sobre crianças em alta hospitalar, incluindo sua busca ativa, o diagnóstico das situações de risco e a intervenção dos profissionais de saúde no processo, possibilita o monitoramento, a vigilância dos agravos, o controle da mortalidade e a promoção da saúde da população infantil.

Última atualização em 24/03/2014

Voltar para o topo

Adolescentes e jovens também têm vacinas a tomar

Para muitas pessoas, vacina é coisa de criança. Mas, na verdade, é muito importante continuar a prevenir doenças, mesmo depois de terminada a infância. Existem vacinas que só devem ser tomadas por quem já passou dessa fase.

Confira o calendário de vacinação do adolescente, instituído pela Portaria 597/2004, do Ministério da Saúde.

Última atualização em 21/07/2014

Voltar para o topo

Programa Saúde Escolar

Helson Moura

Acuidade visual

O PSE é uma importante estratégia de promoção de saúde destinado a um público composto essencialmente por pessoas em desenvolvimento, ou seja, sujeitos em condição peculiar de desenvolvimento suscetível a eventos externos que podem produzir danos biopsicossociais que requerem cuidados. Por outro lado, por estarem em processo de aprendizagem, colherão o fruto das boas ações ao longo de suas vidas.

Deste modo, cabe também ao SUS oferecer suporte para obterem melhores condições objetivas de vida que lhes garantam a efetivação de suas dignidades

 As ações são:

  • Alimentação saudável e prevenção da obesidade infantil
  • Ações de combate ao mosquito Aedes Aegypti
  • Avaliação de saúde bucal e aplicação tópica de flúor
  • Saúde ocular e identificação de sinais de alteração
  • Saúde auditiva e identificação de sinais de alteração
  • Prevenção das violências e dos acidentes
  • Identificação de sinais de agravos e doenças em eliminação
  • Prevenção ao uso de drogas, crack, tabaco, álcool
  • Realização de práticas corporais, atividade física e lazer
  • Promoção da cultura da paz, cidadania e direitos humanos
  • Prevenção de IST/AIDS e orientação sobre direito sexual e reprodutivo 
  • Atualização vacinal dos educandos (19 vacinas)

A Prefeitura de Vitória realiza atividades de orientação aos alunos da rede municipal de ensino e aos seus familiares, visando à promoção da saúde e à prevenção de doenças. A partir de exames, o aluno que necessita de tratamento é encaminhado a uma unidade de saúde.

As ações compõem o programa Saúde Escolar, desenvolvido nas Escolas Municipais de Ensino Fundamental (Emef) e nos Centros Municipais de Educação Infantil (Cmei).

Dentre as ações, destaca-se o projeto "De olho no futuro", que atende todos os alunos do ensino fundamental, por meio de consulta clínica e exames. Quando necessário, o aluno é encaminhado para a realização de cirurgia e também recebe os óculos de graça.

Os alunos também são submetidos a exame de audiometria, dentro do projeto "Ouvir bem, aprender legal". Um equipamento para a realização do exame circula as escolas. Os alunos que precisam de tratamento são encaminhados para a unidade de saúde que atende ao seu bairro.

Outros serviços

  • Realização de exame de sangue e de fezes e encaminhamento para consulta e avaliação clínica na unidade de saúde que atende ao bairro no qual mora o aluno. Serviço disponível para todos os alunos da 1ª série do ensino fundamental
  • Triagem fonoaudiológica de todos os alunos da 1ª e 7ª séries do ensino fundamental. Quando é diagnosticado algum problema, o aluno é encaminhado para a unidade de saúde que atende ao seu bairro
  • Avaliação psicológica e de risco social extremo de todos os alunos da 1ª e 7ª séries do ensino fundamental. Quando necessário, o aluno é encaminhado para acompanhamento psicológico na unidade de saúde que atende ao seu bairro
  • Realização de avaliação nutricional de todos os alunos da 1ª e 7ª séries do ensino fundamental com verificação de peso e altura. Quando não há conformidade com a idade do aluno, ele é encaminhado para a unidade de saúde que atende ao seu bairro

Combate ao piolho

Os alunos e, principalmente, os pais ou responsáveis pelos alunos dos Centros Municipais de Educação Infantil (Cmei) e das turmas de 1ª a 4ª série do ensino fundamental são orientados para o controle e combate ao piolho. Eles obtêm informações sobre como prevenir o parasita e como tratar as crianças que estão com o problema. Cada aluno da educação infantil recebe um pente-fino. As crianças também ganham xampu para combater o piolho.

Quanto à educação em saúde, são promovidas palestras e oficinas em todas as escolas da rede municipal. Um dos temas abordados são as situações de risco social, como sexualidade, drogas e gravidez na adolescência. O programa Saúde Escolar segue calendário próprio, mas também atende a demandas específicas dos diretores escolares.

Última atualização em 17/10/2017

Voltar para o topo

Centro de Especialidades - consultas e exames mais complexos

André Sobral

Fachada do Centro Municipal de Especialidades

(Ampliar imagem)

O Centro Municipal de Especialidades (CME) Doutor Aprígio da Silva Freire oferece consultas e exames especializados por meio de encaminhamento das unidades de saúde. Ele está situado no bairro Mário Cypreste e funciona de segunda a sexta-feira. No local, os usuários têm melhor acesso aos serviços de média complexidade em Vitória.

Os pacientes são atendidos nas seguintes especialidades: angiologia, cardiologia, dermatologia, endocrinologia, gastroenterologia, neurologia, neuropediatria, nutrição, obstetrícia (pré natal de alto risco), oftalmologia, ortopedia, otorrinolaringologia, proctologia, psiquiatria, reumatologia, urologia, homeopatia, acupuntura, fisioterapia, Terapia Ocupacional e pequenas cirurgias. Exames cardiológicos como Holter, monitoramento de pressão, ecocardiograma transtorácico, teste de esforço e ultrassom com dopler também são ofertados.

Os exames especializados, que são para apoio ao diagnóstico e melhoram a qualidade da assistência à saúde, são feitos por meio de agendamentos. Os pacientes da rede de saúde realizam no CME os exames de eletrocardiograma, ecocardiografia transtoracica, teste ergométrico, holter, Monitorização Ambulatorial da Pressão Arterial (Mapa) e Eco Doppler vascular. Os usuários que realizam fisioterapia também são atendidos no CME.

Centro de Especialidades Odontológicas

O Centro de Especialidades Odontológicas (CEO) também funciona no Centro Municipal de Especialidades. O CEO oferece os serviços de radiologia, endodontia (tratamentos de canal), periodontia (tratamentos na gengiva) e prótese dentária (dentaduras).

No CEO também é feito o diagnóstico de câncer de boca, incluindo biopsia, e são atendidas as pessoas com deficiência mental e neurológica.

Média complexidade

Consultas médicas
  • Rede própria: acupuntura, angiologia, cardiologia adulto e infantil, pequenas cirurgias, dermatologia, endocrinologia, gastroenterologia, homeopatia, neurologia adulto e infantil, oftalmologia, ortopedia, otorrinolaringologia, pré-natal de alto risco, proctologia, psiquiatria, reumatologia e urologia.
  • Convênios com entidades filantrópicas: cirurgia buco-maxilo facial, cirurgia geral, cirurgia pediátrica, cirurgia dermatológica, dermatologia, endocrinologia, geriatria, infectologia, mastologia, oftalmologia, ortopedia, otorrinolaringologia, pneumologia (asma), proctologia, triagem bebê de risco e urologia.
  • Rede SUS/Sesa: alergia, angiologia, cardiologia adulto, cirurgia dermatológica, cirurgia geral, cirurgia oftamológica, cirurgia otorrinolaringológica, cirurgia pediátrica, dermatologia, endocrinologia, gastroenterologia, geriatria, hematologia, homeopatia, infectologia, mastologia, nefrologia, neurologia adulto, oftalmologia, ortopedia, otorrinolaringologia, pneumologia, proctologia, psiquiatria, reumatologia e urologia.
Exames
  • Rede própria: ecocardiograma (infantil), colposcopia, eletrocardiograma, mapeamento de retina, retosigmoidoscopia.
  • Convênios com entidades filantrópicas: audiometria, colonoscopia, ecocardiograma, eletroencefalograma, endoscopia digestiva alta, mamografia, otoemissões acústicas (teste da orelhinha), raio X, ultrassonografia (tireoide, articulação, transfontanela, endovaginal, pélvica, obstétrica, próstata, abdominal, bolsa escrotal), ecodoppler vascular (carótidas), videolaringoscopia.
  • Contrato com a rede particular: ultrassonografia, raio X, mamografia.
  • Rede SUS/Sesa: audiometria, ecocardiograma (adulto), eletroencefalograma, endoscopia digestiva alta, fisioterapia, mamografia, raio X simples, raio X contrastado, teste ergométrico, ultrassonografia (ginecologia, obstétrica, endovaginal, mamas, gerais), urodinâmica completa.

Alta complexidade

Exames
  • Convênios com entidades filantrópicas: cintilografia, ressonância magnética, tomografia computadorizada.
  • Rede SUS/Sesa: cintilografia, desintometria óssea, ressonância magnética, tomografia computadorizada.
  • Contrato com a rede particular: tomografia computadorizada e ressonância magnética.

Agendamento

Para ter acesso a consultas e exames, o paciente precisa de encaminhamento da unidade de saúde que atende ao seu bairro ou de outro serviço de saúde conveniado ao SUS. O agendamento é realizado na unidade de saúde de origem, por meio do sistema de regulação da secretaria. Veja a lista das unidades de saúde.

O paciente deverá comparecer a este Centro, com pelo menos 30 (trinta) minutos de antecedência, e portar documento de identificação e a autorização de consulta (SISREG), para que seja devidamente identificado na recepção central do térreo do edifício, e liberado para a efetivação da consulta agendada. Caso seja necessária a presença de acompanhante, o referido também deve estar munido de documento de identificação.

Em se tratando de crianças, o documento a ser apresentado é a certidão de nascimento ou cartão de vacina.

Onde fica o Centro Municipal de Especialidades

Endereço: Avenida Dario Lourenço de Souza, 120, Mário Cypreste - Ver no mapa
Telefone: (27) 3322-1310

Horário de funcionamento: de segunda a sexta-feira, das 7 às 20 horas

A Secretaria Municipal de Saúde (Semus) oferece serviços (consultas e exames) de especialidades por meio da rede própria, de convênios com hospitais filantrópicos, de contratos com a rede particular, e também pela rede Sistema Único de Saúde (SUS)/Secretaria de Estado da Saúde (Sesa). 

Última atualização em 16/08/2017

Voltar para o topo

Laboratório Municipal

O Laboratório Central Municipal (LCM) realiza exames laboratoriais a partir das solicitações feitas pelos profissionais das unidades de saúde de Vitória e da maternidade Pró-Matre. Sua missão é dar suporte ao diagnóstico clínico com precisão e agilidade, o que contribui para o sucesso dos tratamentos.

A coleta do material biológico é feita de segunda a sexta-feira, nas unidades de saúde da capital e no Centro de Referência DST/Aids. Nos Pronto-Atendimentos Praia do Suá e São Pedro, a coleta é realizada 24 horas por dia, de segunda a domingo.

Exames

Última atualização em 16/08/2017

Voltar para o topo

Central de Transporte Sanitário

Carlos Antolini

Interior de uma ambulância com as macas e poltronas

Central de Transporte Sanitário realiza atendimento a pacientes em tratamento de saúde pelo Sistema Único de Saúde (SUS) que estejam impossibilitados de serem removidos em transporte comum. O serviço atende somente aos moradores de Vitória e funciona em caráter eletivo, ou seja, com agendamento prévio. A Central conta com 13 equipes, sendo sete ambulâncias de suporte básico, três ambulâncias de transporte e três vans.

Quem tem direito ao serviço?

Têm direito ao serviço de remoção usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) que moram em Vitória, acamados e/ou debilitados e impossibilitados de serem removidos em transporte comum e que necessitem de realizar procedimentos como hemodiálise, câmera hiperbárica, quimioterapia, radioterapia, antibioticoterapia, fisioterapia, consultas e exames especializados, curativos de grande porte e revisão de cirurgia.

Como fazer para utilizar o serviço?

Para a remoção em caráter eletivo o usuário ou a família dele deve procurar a unidade de saúde mais próxima de sua residência para solicitar o agendamento do transporte. Ele deve ser realizado, de segunda a sexta-feira, com três dias úteis de antecedência. No agendamento, o assistente social ou enfermeiro preenche cadastro, através do sistema da Rede Bem Estar, com dados pessoais (endereço, ponto de referência e telefone de contato), dados clínicos e tipo de mobilidade. As informações são enviadas à Central de Transporte, responsável por avaliar os critérios de inclusão.

Urgência

Para a remoção em caráter de urgência de pequena complexidade, as solicitações devem ser efetuadas pelo sistema da Rede Bem Estar. Além dos atendimentos eletivos e urgências de pequena gravidade, a Central de Transporte Sanitário também atende às seguintes situações:

  • Alta hospitalar (somente em caso de paciente acamado, que não pode ser transportado em veículo comum). O assistente social do hospital preenche formulário próprio e solicita a remoção à Central de Transporte Sanitário;
  • Internação compulsória, com mandado judicial.

Última atualização em 16/08/2017

Voltar para o topo

Protocolo define atendimento a crianças

Sérgio Cardoso

Médica atendendo paciente criança ao lado de enfermeira

O Protocolo Vitória da Vida é um documento no qual as unidades de saúde da rede municipal de Vitória se baseiam para realizar procedimentos técnicos e reorganizar o processo de trabalho voltado exclusivamente para a atenção à saúde da criança de zero a 10 anos.

É uma importante ferramenta para o manejo clínico das patologias e da coordenação do cuidado. O protocolo está implantado em todas as unidades de saúde.

Última atualização em 21/07/2016

Voltar para o topo

Prefeitura Municipal de Vitória
Avenida Marechal Mascarenhas de Moraes, 1927
Bento Ferreira, Vitória, ES - CEP: 29.050-945
Telefone: (27) 3382-6000 (Atendimento ao público de 12h às 19h)
Voltar ao topo do site