Prefeitura Municipal de Vitória

Atalhos de teclado:

Notícias

Vitória 467 anos: ações para reduzir violência e preconceito e aumentar empregos

Publicada em 04/09/2018, às 12h40 | Atualizada em 04/09/2018, às 12h44

Por Josué de Oliveira (jgoliveira@vitoria.es.gov.br) | Com edição de Matheus Thebaldi


Divulgação Semcid

Mulheres negras

Semcid promove ações para conscientizar a população contra o preconceito racial e valorizar as mulheres negras (Ampliar imagem)

Vitória, que faz 467 anos no sábado (8), promove ações para reduzir a violência contra a mulher, erradicar o preconceito racial e sexual, além de garantir acesso de jovens ao mercado de trabalho.

Atualmente, a Secretaria Municipal de Cidadania, Direitos Humanos e Trabalho (Semcid) disponibiliza uma série de equipamentos para garantir uma cidade mais justa, onde os direitos assegurados por lei sejam respeitados.

Para isso, trabalha com as coordenações de Políticas Públicas para as Mulheres, Juventude, População Negra, Diversidade Sexual, além da Agência Municipal do Trabalhador e Centro Especializado em Direitos Humanos, o primeiro criado no Espírito Santo.

Igualdade

Para a titular da Semcid, Nara Borgo, todo o trabalho desenvolvido ao longo deste ano é pensado exclusivamente para promover a igualdade de direitos e criar oportunidades para os moradores.

"Este ano já realizamos diversas ações nesse sentido. Para nós, é motivo de orgulho poder contribuir para oferecer aos munícipes uma cidade mais igualitária e mais justa. Criando essa conscientização, as pessoas vão perceber que é possível conviver com as diferenças e respeitá-las".

Juventude

Em julho deste ano, a Semcid inaugurou a nova sede do Núcleo Afro Odomodê, no Morro do Quadro. O equipamento vai ampliar a oferta de serviços para jovens negros da região. No local, acontecem oficinas, atividades culturais e debates sobre empoderamento.

Também durante o ano, foi desenvolvido o projeto Centro de Referência da Juventude (CRJ) Itinerante, que, durante a reforma da sede do espaço, oferece oficinas para os jovens carentes nos bairros.

Trabalho e oportunidades

Carlos Antolini

SINE DE VITÓRIA

Sine de Vitória passou a funcionar na Casa do Cidadão e aumentou o número de atendimentos e encaminhamentos este ano

A Agência Municipal do Trabalhador (Sine de Vitória) já contabilizou, só este ano, mais de 21 mil atendimentos, incluindo encaminhamentos e vagas captadas. Para oferecer mais conforto, o Sine mudou de endereço e passou a funcionar no Centro Integrado de Cidadania (CIC) Zumbi dos Palmares, mais conhecido como Casa do Cidadão.

O Centro de Apoio ao Jovem Trabalhador/Jovem Aprendiz inscreveu, até agosto deste ano, 214 adolescentes. Desse total, 194 foram encaminhados e 156 conseguiram uma vaga de trabalho.

Violência contra a Mulher

Para coibir a violência contra a mulher, a Semcid disponibiliza o Botão do Pânico e o Centro de Referência em Atendimento à Mulher em Situação de Violência (Cramsv). Só no Cramsv, este ano foram realizados 502 atendimentos. Atualmente, 12 mulheres estão com o Botão do Pânico em Vitória.

Além disso, a Coordenação de Políticas para as Mulheres realiza diversas ações de enfrentamento, como rodas de conversas, feiras, formação e campanhas contra o assédio às mulheres.

Direitos Humanos

Pioneiro no Espírito Santo, o Centro Especializado em Direitos Humanos funciona na Casa do Cidadão. Em 2018, promoveu mutirões da Justiça Comunitária, nos quais casais puderam agilizar ações de divórcio e partilha de bens, guarda de filhos menores, regulamentação de visitas e pensão alimentícia.

Casa do Cidadão

O local, que oferece diversos serviços para a sociedade, também realiza ações para ampliar a oferta de atendimentos. O número de senhas para a emissão de Carteira de Identidade, por exemplo, foi ampliado de 35 para 70, o que reduziu o tempo de espera. Além disso, participou de mutirões em parceria com asssociação de moradores e Polícia Militar.

População negra

A Coordenação de Políticas da População Negra promoveu atividades de enfrentamento à violência e empoderamento da mulher negra no município, além de atos voltados a diversidade e liberdade religiosa. Foram elas: Abraço da Paz, sessão fotográfica em alusão ao Dia da Mulher Negra, debates e rodas de conversas.

Diversidade sexual

A Coordenação de Políticas de Diversidade Sexual realizou 15 ações este ano, que alcançaram, ao todo, 403 pessoas de janeiro a agosto de 2018, entre campanhas, oficinas e palestras. Além disso, foram oferecidas 29 formações para um total de 890 pessoas sobre direitos da população LGBT.

Matérias relacionadas

Vitória 467 anos: ações elevam a segurança na capital

Vitória 467 anos: ações para dinamizar economia e incrementar turismo


Para dúvidas ou informações sobre os serviços da Prefeitura, ligue 156 ou use o serviço on-line.


Voltar para o topo

Prefeitura Municipal de Vitória
Avenida Marechal Mascarenhas de Moraes, 1.927
Bento Ferreira, Vitória, ES - CEP: 29.050-945
Telefone: (27) 3382-6000 (Atendimento ao público de 12h às 19h)
Voltar ao topo do site