Prefeitura Municipal de Vitória

Atalhos de teclado:

Notícias

Pacientes de US de Jardim da Penha encontram nova vida através da arte

Publicada em 02/03/2018, às 07h00

Por Milene Miguel (mjmiguel@vitoria.es.gov.br) | Com edição de Matheus Thebaldi


André Sobral

Oficina US Jardim da Penha

Pacientes desenvolvem trabalhos manuais de crochê, tricô, bordados e moldes vazados na US e apresentam melhoras em seus tratamentos (Ampliar imagem)

André Sobral

Oficina US Jardim da Penha

Após enfrentar o câncer, Inês Santana disse ter encontrado no grupo uma forma de se desligar dos problemas (Ampliar imagem)

O grupo "Arte e Vida", ativo há dez anos na Unidade de Saúde de Jardim da Penha, tem colhido bons frutos. Com trabalhos manuais de crochê, tricô, bordados e moldes vazados, ele auxilia no tratamento de pacientes que enfrentam algum tipo de trauma psicológico ou que passam muito tempo sozinhos em suas residências.

Os pacientes trocam experiênciase  discutem as notícias do dia e as novidades em saúde. Além disso, também participam de momentos culturais, com canções, lanche compartilhado e poesias.

Segundo a agente comunitária de saúde Karla Cristina Ramos Zandomenito, muitas dessas pessoas são idosas que passavam o dia todo em casa sozinhas. "Nas visitas realizadas pelos agentes de saúde, identificamos essas pessoas e fizemos o convite. Muitas delas chegam aqui com depressão e vão melhorando a cada encontro", disse.

Os trabalhos criados pelo grupo são expostos em bazares da região e eventos. A renda arrecadada é repassada aos pacientes que participam do grupo, já que eles fornecem seu material próprio.

Experiências

Inês Santana Zani frequenta o grupo há quase um ano. Após enfrentar o câncer, ela disse ter encontrado nele uma forma de se desligar dos problemas. "As pessoas aqui ajudam umas às outras. Eu gostaria que as reuniões acontecessem mais de uma vez por semana, de tão bem que me fazem", disse.

Professora de crochê, Valéria Tose é voluntária no grupo há 12 anos e ensina cuidadosamente cada passo da "receita". Segundo ela, não há gratificação maior em poder ajudar. "Eu não estou as ajudando, elas que estão me ajudando".

Uma das criações que a professora ensinou no grupo foi o "Polvo Terapêutico". "Ele ajuda no tratamento de crianças prematuras. Elas conseguem pegá-lo e, assim, desenvolvem seus movimentos".

Arte e Vida

O grupo surgiu em 2008, através da percepção das enfermeiras Giselle Saiter e Marlene Aparecida Siqueira. Ele ganhou o nome após os participantes relatarem que, através da arte desenvolvida, tiveram suas vidas de volta. "Conseguimos reunir pessoas que estavam deprimidas e devolver a elas o amor próprio. É uma forma mais humanizada de ajudar no tratamento", disse a enfermeira Giselle.

Reuniões

As reuniões acontecem às quintas-feiras, às 14 horas, na própria US.

Exposição

A próxima exposição dos trabalhos do grupo irá acontecer no Shopping Jardins, em 10 de março, no evento realizado pela US de Jardim da Penha em comemoração ao Dia Internacional da Mulher.

André Sobral

Oficina US Jardim da Penha

Valéria Tose é professora de crochê voluntária no grupo há 12 anos (Ampliar imagem)

André Sobral

Oficina US Jardim da Penha

Grupo "Arte e Vida" surgiu em 2008, através da percepção das enfermeiras Giselle Saiter e Marlene Aparecida Siqueira (Ampliar imagem)


Para dúvidas ou informações sobre os serviços da Prefeitura, ligue 156 ou use o serviço on-line.


Voltar para o topo

Prefeitura Municipal de Vitória
Avenida Marechal Mascarenhas de Moraes, 1.927
Bento Ferreira, Vitória, ES - CEP: 29.050-945
Telefone: (27) 3382-6000 (Atendimento ao público de 12h às 19h)
Voltar ao topo do site