Prefeitura Municipal de Vitória

Atalhos de teclado:

Notícias

Guarda Municipal apresenta resultados do Botão do Pânico no Paraná

Publicada em 10/04/2018, às 15h17

Por Eduardo Brinco (ebvieira@vitoria.es.gov.br) | Com edição de Matheus Thebaldi


Divulgação Semsu

Curso da Guarda

Coordenador da Guarda Municipal, Rafael Almeida Barcelos, capacitou pessoas no Paraná para uso do dispositivo (Ampliar imagem)

Josué de Oliveira

Botão do pânico

Equipamento é distribuído para mulheres que estão sob medida protetiva na 1ª Vara Especializada em Violência Doméstica de Vitória

Desde 2013, mulheres em Vitória que se sentem ameaçadas por ex-maridos, namorados ou companheiros contam com um mecanismo importante de proteção: o Botão do Pânico. O dispositivo faz parte de um projeto do Tribunal de Justiça do Estado do Espírito Santo (TJ-ES) em parceria com a Prefeitura de Vitória.

Com o objetivo de reduzir os índices de violência doméstica registrados na capital, o Botão do Pânico, quando acionado, dispara informações para a Central Integrada de Operações e Monitoramento (CIOM), com a localização exata da vítima, para que um carro da Patrulha Maria da Penha seja enviado ao local.

Por conta do exitoso trabalho realizado em Vitória, uma equipe participou, na última sexta-feira (6), de uma capacitação no Paraná que habilitou cerca de 80 pessoas que receberam o equipamento.

Participaram do evento o coordenador da Guarda Municipal, Rafael Almeida Barcelos; a juíza da 1ª Vara Especializada de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher do Juízo de Vitória, Brunella Baglioli; e a psicóloga do Centro de Referência de Atendimento à Mulher em Situação de Violência (Cramsv), Lorena Pereira.

"Foi uma grande oportunidade para darmos um histórico de toda nossa trajetória, ainda mais em uma data em que comemoramos cinco anos de parceria no projeto. Nesse período, avançamos muito nos procedimentos operacionais, nossos agentes abraçaram a causa e trabalharam com afinco para garantir agilidade no atendimento sempre que houvesse o acionamento do dispositivo", apontou o coordenador da Guarda Municipal, Rafael Almeida Barcelos.

Botão do Pânico

O equipamento é distribuído para mulheres que estão sob medida protetiva na 1ª Vara Especializada em Violência Doméstica de Vitória e pode ser acionado caso o agressor não mantenha a distância mínima garantida pela Lei Maria da Penha. Ele capta e grava a conversa num raio de até cinco metros.

Cramsv

O Centro de Referência de Atendimento à Mulher em Situação de Violência presta atendimento às mulheres em situação de violência doméstica, familiar e intrafamiliar em razão do gênero.

O serviço, com seu funcionamento desde 2006, visa ao fortalecimento dos mecanismos psicológicos e sociais para que elas possam enfrentar e superar o quadro violento e receber informações para a garantia de seus direitos.


Para dúvidas ou informações sobre os serviços da Prefeitura, ligue 156 ou use o serviço on-line.


Voltar para o topo

Prefeitura Municipal de Vitória
Avenida Marechal Mascarenhas de Moraes, 1.927
Bento Ferreira, Vitória, ES - CEP: 29.050-945
Telefone: (27) 3382-6000 (Atendimento ao público de 12h às 19h)
Voltar ao topo do site