Prefeitura Municipal de Vitória

Atalhos de teclado:

Acesso rápido


Produtos Turísticos

Conheça os produtos turísticos de Vitória. Programe seus passeios e Vem Pra Ilha!

Loja do Artesanato Capixaba

Secom / PMV

Loja do Artesanato Capixaba

(Ampliar imagem)

Na Loja do Artesanato capixaba, visitantes encontram artefatos que representam a raiz da cultura do Espírito Santo. Junto à loja, também funciona o Centro de Atendimento ao Turista, com uma equipe preparada para orientar os visitantes e moradores.

Segunda a sábado, das 10h às 22h

Domingos e feriados, das 15h às 21h

Shopping Vitória – 2º piso
Av. Américo Buaiz, 200, Enseada do Suá - Ver no mapa

Última atualização em 23/02/2017

Voltar para o topo

Visitar Centro Histórico

Secom / PMV

Visitar Centro Histórico

(Ampliar imagem)

O Visitar Centro Histórico oferece visitas monitoradas em sete monumentos do Centro Histórico de Vitória. São patrimônios importantes para a história da cidade e do país, alguns com mais de 400 anos.

Um serviço gratuito que te levará a uma verdadeira viagem no tempo. Você vai conhecer a fundo Igrejas, Conventos, Teatro e a Catedral metropolitana.

Visitar Centro Histórico - Ver no mapa

Quarta a domingo, das 13h às 17h

Agendamento para grupos das 12h às 19h

Telefone: (27) 3235-2813

Última atualização em 23/02/2017

Voltar para o topo

Trilhas na Gruta da Onça

Secom / PMV

Trilhas na Gruta da Onça

(Ampliar imagem)

Condutores em ecoturismo levam o visitante por um passeio com paisagens maravilhosas. Com uma área de 69 mil metros quadrados, o Parque Municipal Gruta da Onça oferece trilhas cercadas de exuberante vegetação de Mata Atlântica. Visitantes podem conhecer nascentes, observar espécies botânicas e animais e contemplar visuais inesquecíveis.

Funcionamento: todos os dias, das 8h às 17h

Condução de Trilhas: de terça a domingo, das 8h às 16h30

Rua Barão de Monjardim, 100, Centro - Ver no mapa

Agendamento: (27) 3132-7290 / 99839-3629

Última atualização em 23/02/2017

Voltar para o topo

Polo gastronômico da Ilha das Caieiras

Secom / PMV

Polo Gastronômico Ilha das Caieiras

(Ampliar imagem)

A Panela de Barro tem sua fabricação artesanal feita pelas Paneleiras do bairro de Goiabeiras. Um saber passado por gerações há mais de 400 anos. A técnica utilizada é de origem indígena, caracterizada por modelagem manual, queima a céu aberto e aplicação da tintura de tanino.

É na Panela de Barro de Goiabeiras que se faz as tradicionais Torta e Moqueca Capixaba. O ofício das Paneleiras foi o primeiro Patrimônio Cultural Imaterial Brasileiro a ser reconhecido no Livro dos Saberes do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional - IPHAN.

O serviço de bares e restaurantes está disponível de segunda a sábado, das 8h às 18h30 e aos domingos, das 9h às 15h.

Ver no mapa

Última atualização em 23/02/2017

Voltar para o topo

Panela de Barro

Secom / PMV

Panela de Barro

(Ampliar imagem)

A fabricação artesanal das panelas de barro é oficio das paneleiras de Goiabeiras., constituindo  um saber passado por gerações há mais de 400 anos. A técnica utilizada é de origem índigena caracterizada por modelagem manual, queima a céu aberto e aplicação da tintura de tanino.

É na panela de barro de Goiabeiras que se faz a torta e a moqueca capixaba. O ofício das paneleiras foi reconhecido como Patrimônio Cultural Brasileiro, registrado no Livro dos Saberes do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – IPHAN.

Galpão das Paneleiras
Segunda a sábado, das 8h às 18h
Domingos, das 9h20 às 15h
Rua Leopoldo Gomes Salles, 55, Goiabeiras - Ver no mapa
Telefone: (27) 3327-0519




Receita de Moqueca Capixaba

Ingredientes
  • 1,5kg de peixe fresco (robalo, badejo, papa-terra, ou namorado);
  • 3 maços de coentro;
  • 3 maços de cebolinha verde;
  • 2 cebolas brancas (pequenas);
  • 3 dentes de alho;
  • 4 tomates;
  • 3 limões;
  • Azeite de oliva;
  • Sementes de urucum;
  • Pimenta-malagueta (opcional);
  • Óleo de soja ou algodão;
  • Sal fino.
Modo de fazer
  • Limpe bem o peixe, corte-o em postas de 5cm de largura, lave-o com limão e deixe-o em uma vasilha com água de sal fraca.

  • Soque juntos o alho e o sal.

  • Em uma panela de barro (grande), coloque um pouco de óleo de soja ou de algodão (duas colheres) e azeite de oliva (uma colher) e adicione a massa obtida no socador, passando-a no fundo do recipiente.

  • Retire as postas de peixe da vasilha com água e sal. Arrumando na panela de modo que não fiquem umas por cima das outras.

  • Corte o coentro, o tomate e a cebola e disponha, nesta ordem, por cima das postas de peixe que estão na panela. Regue com azeite e suco de limão.

  • À parte, frite, em um pouco de óleo quente, uma colher (sopa) de sementes de urucum. Depois de fritas, retire-as. Na hora de levar ao fogo para cozinhar, despeje um pouco desse óleo por cima do peixe para dar cor. Quando começar a abrir a fervura, verifique o sal. Não ponha água, não vire as postas e cozinhe com a panela bem tampada.

  • Verifique o paladar do sal e do limão. Deixe no fogo forte por 20 a 25 minutos. Balance de vez em quando a panela com o auxílio de um pedaço de pano grosso para que as postas de peixe não agarrem no fundo. Quando for à mesa, salpique coentro picadinho.

Última atualização em 23/02/2017

Voltar para o topo

Centro de Visitantes Tamar

Secom / PMV

Centro de visitantes Tamar

(Ampliar imagem)

Na Ilha do Papagaio, visitantes encontram tanques de observação de tartarugas marinhas de várias espécies e idades. Integrado à paisagem, um roteiro interpretativo ensina sobre a conservação das tartarugas marinhas no Brasil, a biologia das espécies e os principais locais de desova das tartarugas no estado.

O acesso à Ilha do Papagaio é feito pela Praça do Papa.

Av. Nossa Senhora dos Navegantes, 700, Enseada do Suá - Ver no mapa

Terça a domingo, das 8h30 às 17h

Última atualização em 23/02/2017

Voltar para o topo

Prefeitura Municipal de Vitória
Avenida Marechal Mascarenhas de Moraes, 1927
Bento Ferreira, Vitória, ES - CEP: 29.050-945
Telefone: (27) 3382-6000 (Atendimento ao público de 12h às 19h)
Voltar ao topo do site