Prefeitura Municipal de Vitória

Atalhos de teclado:

Acesso rápido


Raiva animal e raiva humana: como prevenir

Elizabeth Nader

Mulher segurando cachorro para o profissional aplicar a vacina

Apesar de estar controlada no município de Vitória, a raiva é uma doença bastante perigosa. Quando contamina o homem, o vírus quase sempre leva a pessoa à morte. Por esse motivo, as ações desenvolvidas pelo Centro de Vigilância em Saúde Ambiental (CVSA, antigo Centro de Controle de Zoonoses - CCZ) no controle da doença dão ênfase à prevenção.

As atividades visam a educar os moradores acerca da importância da vacinação anual de cães e gatos e a orientá-los sobre como agir corretamente nos casos de agressão por animais domésticos ou silvestres (principalmente morcegos).

Um dos serviços realizados pelo CVSA é o controle dos males transmitidos por cães e gatos, sobretudo a raiva urbana. Para isso, os animais agressores são observados durante o período de 10 dias, para verificar se estes são suspeitos de estarem com a doença.

Cuidados com morcegos

O Centro de Vigilância em Saúde Ambiental (CVSA, antigo Centro de Controle de Zoonoses - CCZ) atende solicitações da população para identificação de possíveis abrigos de morcegos e orienta sobre como desalojar esses animais de imóveis e residências, bem como sobre os cuidados quanto ao controle, contato ou presença de morcegos. Também são recolhidos animais que agrediram pessoas ou que estejam debilitados, mortos ou em situação suspeita que represente risco para a saúde humana.

O recolhimento é feito tanto dentro de imóveis quanto em locais públicos, tais como praças, ruas e jardins. Os animais recolhidos são encaminhados para exame de laboratório, para investigação sobre a presença do vírus da raiva.

Os morcegos são mamíferos voadores comuns no ambiente urbano. Sendo assim, é comum que haja vestígio da presença desses animais. Em função da sua importância biológica, são protegidos por Lei Federal e a erradicação destes não é permitida, exceto no caso de morcegos hematófagos (que se alimentem de sangue) que estejam atacando pessoas, situação que não há registro em Vitória.

Apesar de serem comuns, o contato com morcegos pode ser perigoso, pois eles podem transmitir o vírus da raiva para seres humanos, cães e gatos, doença grave e letal em 100% dos casos.

Sendo assim, orientamos que caso tenha QUALQUER TIPO DE CONTATO com morcego ou caso SUSPEITE que tenha tido contato (por exemplo, acordar com o animal em cima da cama ou no quarto), procure IMEDIATAMENTE a Unidade de Saúde mais próxima da sua casa.

Caso encontre algum morcego vivo ou morto, em situação anormal (por exemplo caído no chão, em vias públicas, pendurados em janelas, cortinas, em cima da cama, à luz do dia, que adentrem residências etc), NÃO TOQUE no animal e ligue imediatamente para o telefone 156, solicitando o recolhimento. Se possível, capture o animal SEM TOCÁ-LO utilizando panos, caixas de papel, baldes ou mantendo-o preso em ambiente fechado até que o animal seja recolhido pela equipe do Centro de Vigilância em Saúde Ambiental (CVSA, antigo Centro de Controle de Zoonoses - CCZ).

Para residências próximas das árvores com frutos, flores ou de áreas de vegetação mais densa, orientamos que a árvore seja podada (ou que seja feita a solicitação de poda) bem como que as janelas sejam protegidas por telas, para evitar a entrada desses animais nas residências.

A vacinação de cães e gatos contra a raiva é a principal medida de prevenção da doença e deve ser feita todo o ano. A vacina é gratuita e está disponível no Centro de Vigilância em Saúde Ambiental - CVSA) - endereço: Rua São Sebastião, S/N, bairro Resistência.

Veja

Última atualização em 16/06/2017

Prefeitura Municipal de Vitória
Avenida Marechal Mascarenhas de Moraes, 1927
Bento Ferreira, Vitória, ES - CEP: 29.050-945
Telefone: (27) 3382-6000 (Atendimento ao público de 12h às 19h)
Voltar ao topo do site