Prefeitura Municipal de Vitória

Atalhos de teclado:

Notícias

Cultura toma conta da cidade com várias ações e atinge 312 mil pessoas em 2018

Publicada em 11/02/2019, às 18h01

Por Leo Vais (levsilva@vitoria.es.gov.br) | Com edição de Matheus Thebaldi


Divulgação Semc

Para Sempre Rapunzel

Ação Viver o Livro ao Vivo e em Cores: peça Para Sempre Rapunzel (Ampliar imagem)

Leonardo Silveira

Exposição UJUZI no MUCANE - Museu Capixaba do Negro

Exposição "UJUZI: Conhecimento é Poder", que promove a cultura africana, aconteceu no Museu Capixaba do Negro (Mucan (Ampliar imagem)

Em 2018, a Secretaria Municipal de Cultura (Semc) realizou 669 ações, entre eventos, exposições e atividades de formação, atingindo um público de aproximadamente 312 mil pessoas, reafirmando a importância do fomento e da difusão na área cultural.

"A Cultura anda à solta, ao mesmo tempo em nós, expondo-nos, mostrando o que somos e a que viemos. Somos parte dela e somos seu vetor, seu fundamento e destino. A Secretaria de Cultura existe para fomentar, difundir aquilo que o homem produz. E sempre para o bem da cidade e de quem a habita", disse o secretário de Cultura, Francisco Grijó.

A Arte é Nossa

O projeto de intervenção artístico-urbana realizou, em 2018, seis ações, em uma metragem total de 1.512, 20 m², com trabalhos realizados na Vila Rubim, Maruípe e Enseada do Suá.

Além disso, aconteceu a aprovação do projeto de lei que instituiu o "A Arte é Nossa" no âmbito do município de Vitória Também lançou o edital de intervenções artístico-urbanas neste ano.

Acessibilidade cultural

Com a proposta de implantar políticas e práticas inclusivas, que é uma das metas do Plano Municipal de Cultura, a Semc vem desenvolvendo ações de acessibilidade cultural.

Nesse sentido, além de parceria com a Secretaria de Educação, integra a Rede Nacional de Leitura Inclusiva; estabeleceu parceria com a Fundação Dorina Nowill (FDN); ampliou o acervo de livros em formatos acessíveis da Biblioteca Pública Municipal, por meio de doações de exemplares da FDN; e estabeleceu o item “Plano de Acessibilidade Cultural” em todos os editais públicos de Cultura.

Biblioteca Pública Municipal Adelpho Poli Monjardim

Espaço voltado para o incentivo à leitura, a Biblioteca Municipal realizou um total de 142 ações, atendendo mais de 11 mil pessoas.

Além das atividades do projeto Viagem pela Literatura - com apresentações teatrais, contação de histórias, saraus, entre outras atividades -, foram lançados as novas edições das coleções Escritos de Vitória, Roberto Almada e José Costa (em parceria com a Academia Espirito-Santense de Letras); 11 Bancas Troca de Livros; lançamento de 14 livros de autores que produzem no Estado; e ações itinerantes em 22 bairros da capital.

Leonardo Silveira

Espetáculo teatral "Miserere Mo Quim Pó

Prédio da Fafi foi entregue totalmente restaurado e recebeu espetáculos (Ampliar imagem)

Leonardo Silveira

Viradão Vitória 2018 - Show Herança Negra

Viradão Vitória agitou a cena cultural na capital e arrastou milhares de pessoas para o Centro (Ampliar imagem)

Casa Porto das Artes Plásticas

Espaço referência para as artes visuais e contemporâneas, a Casa Porto realizou 47 ações. Foram quatro exposições na galeria da edificação; três exposições de acervo em parceria com o Ifes de Cariacica; oito projetos de ação cultural; dois Mercados Casa Porto; e 30 ações de arte-educação, em um total de quase seis mil pessoas atendidas.

Circuito Cultural

Projeto que dá acesso às manifestações culturais e artísticas, além de fomentar o fazer artístico por meio de diferentes linguagens e expressões culturais, o Circuito Cultural realizou 27 ações. Foram oito oficinas, com 672 alunos atendidos; 4 eventos; três visitas técnicas; uma exposição; além de participações e parcerias, atendendo um público de 5.738 pessoas.

Conselho Municipal de Política Cultural

O Conselho Municipal de Política Cultural de Vitória realizou 11 reuniões ordinárias, com 23 assuntos em pauta, com: apresentação da 3ª edição do Viradão Vitória e apreciação e aprovação da reformulação da lei que criou o Conselho Municipal de Cultura.

Escola Técnica Municipal de Teatro, Dança e Música Fafi

A Fafi voltou a executar suas atividades na sede oficial, entregue totalmente restaurada, no primeiro semestre de 2018. A instituição preencheu 155 vagas de três cursos técnicos e básicos em dança, teatro e dança clássica e 1.250 vagas nas oficinas de dança, teatro e música.

A Orquestra de Cordas da Fafi, formada por alunos e professores, realizou quatro apresentações. Também foram realizados os espetáculos: "Perforexorial", resultado de uma oficina em parceria com a Ufes; e “Será que sou Gente?” e "Miserere Mo Quim Pó", que marcaram o encerramento do curso técnico de teatro. Além de “(A) Mar Sem Fim”, que marcou o encerramento do curso básico em dança, no Sesc Glória.

Fundo Municipal de Cultura

O Fundo Municipal de Cultura é responsável por promover o desenvolvimento da cultura no município, podendo apoiar financeiramente projetos de produção de bens culturais.

Em 2018, foram lançados três editais: um para compor a programação do projeto Mar da Música; um para compor a programação do Viradão Vitória; e um para o projeto de intervenção artístico-urbana A Arte é Nossa.

Além disso, realizou um apoio cultural financeiro para participação de alunas da Fafi na seleção nacional Bolshoi, em Joinville, e executou 85 ações culturais dos editais lançados em 2017.

Lei Rubem Braga

Vários projetos aprovados em anos anteriores foram executados: 12 CD’s; um documentário; 1 espetáculo de dança; 8 livros; 1 longa-metragem; 1 show musical; 2 videoclipes, em um total de 28 ações realizadas.

Museu Capixaba do Negro “Verônica da Pas” – Mucane

Em 2018, o espaço realizou quatro oficinas regulares nas áreas de dança, música e contação de histórias, além do Curso de Qualificação Profissional em Dança Afro Brasileira Cênica; oficinas e formações a partir de projetos; três exposições; além de lançamentos de livros, CD’s e web séries e 14 eventos realizados. No total, o museu realizou 47 ações e atendeu um público de aproximadamente 16 mil pessoas.

Museu do Pescador

Foram realizadas três exposições: “Mosaicos da Ilha”; “Brincantes da Ilha”; e “Um Canoeiro Chamado Tempo” atendendo um público de 1.572 pessoas.

Patrimônio Histórico Cultural

Foram iniciados três processos de contratação para recuperação e restauro de cerca de 15 monumentos, com entregas previstas para o ano de 2019. A ação contará com investimentos oriundos da parceria entre a Prefeitura de Vitória e Caixa Econômica Federal, via Finisa (Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento).

Também realizou a entrega da Comenda Maurício de Oliveira, que é uma condecoração criada como forma de reconhecimento ao trabalho do maestro e para homenagear os cidadãos engajados no movimento cultural e que tenham contribuído de forma significativa para o crescimento da cultura local.

Produção e Difusão Cultural

Responsável por realizar, organizar e coordenar projetos artísticos e culturais, bem como sua difusão, a Gerência de Produção e Difusão Cultural realizou eventos que constituem o calendário oficial, como as matinês carnavalescas e o Réveillon na praia de Camburi e Santo Antônio, além de grandes eventos como o Mar da Música e o Viradão Vitória.

Entre eventos apoiados e realizados, foram 90 ações, atingindo um público de aproximadamente 283 mil pessoas.

Kris Gonçalves

Nossa Vila - Arte é Nossa

Vila Rubim recebeu intervenção do projeto A Arte é Nossa (Ampliar imagem)

Leonardo Silveira

Comenda Maurício de Oliveira

Ano também marcou a entrega da Comenda Maurício de Oliveira (Ampliar imagem)


Para dúvidas ou informações sobre os serviços da Prefeitura, ligue 156 ou use o serviço on-line.


Voltar para o topo

Prefeitura Municipal de Vitória
Avenida Marechal Mascarenhas de Moraes, 1.927
Bento Ferreira, Vitória, ES - CEP: 29.050-945
Telefone: (27) 3382-6000 (Atendimento ao público de 12h às 19h)
Voltar ao topo do site