Prefeitura Municipal de Vitória

Atalhos de teclado:

Notícias

Viradão Vitória: Silva vai se apresentar na Praça 8 e declara amor por Vitória

Publicada em 05/09/2018, às 15h27 | Atualizada em 05/09/2018, às 16h45

Por Leo Vais (levsilva@vitoria.es.gov.br) | Com edição de Matheus Thebaldi


Wilmore Oliveira

Silva - Uma das atrações do Viradão Vitória 2018

Em sete anos, Silva deixou de ser uma "promessa" para se tornar um dos artistas de maior destaque da sua geração (Ampliar imagem)

O rapaz tímido que lançou despretensiosamente um EP virtual em 2011 é o mesmo artista que sobe ao palco como uma das atrações mais esperadas do Viradão Vitória. Os dois recortes temporais marcam a evolução profissional do cantor Silva, que se apresenta nesta próxima sexta-feira (7), a partir das 21h05, no palco da Praça Oito, no Centro Histórico.

Em sete anos, Silva deixou de ser uma "promessa" para se tornar um dos artistas de maior destaque da sua geração. Nesse período, estabeleceu parcerias com medalhões da MPB, como Gal Costa - de quem foi músico em um projeto especial e compôs "Palavras no Corpo", que estará no próximo trabalho da baiana – e Marisa Monte, de quem se tornou parceiro e gravou um álbum dedicado ao repertório da cantora.

A parceria mais recente do cantor é com Anitta, com quem gravou “Fica Tudo Bem”, música de melodia pop e letra romântica que marca seu novo trabalho, “Brasileiro”, álbum em que os violões e as percussões tomam conta das 13 canções que flertam com o samba, a bossa e o axé da década de 90.

Show

É o show desse trabalho que o público vai conferir. Além do repertório autoral recente, ele apresenta músicas dos trabalhos anteriores e covers de Caetano Veloso, Amy Winehouse, Billie Holiday e Fundo de Quintal. Ele espera encontrar o público na mesma sintonia para o espetáculo. "Amo Vitória, amo ser daqui e espero que as pessoas sintam a mesma alegria que eu estou sentindo nesse momento".

Wilmore Oliveira

Silva - Uma das atrações do Viradão Vitória 2018

Silva declarou seu amor por Vitória e não esconde a sua ansiedade por se apresentar em sua cidade (Ampliar imagem)

1. É a primeira vez que você participa da Virada Cultural de Vitória. Qual a expectativa de tocar em casa, de graça e na sua cidade?
"Tocar em casa é um privilégio, principalmente quando a gente é bem recebido. Estou no meio da maior turnê que fiz até agora e sinto a maior alegria quando volto pra minha casa, que é mesmo em Vitória. Esse show vai ser muito importante para mim, não só por ser na minha cidade, mas também por ser num local público, de graça, com pessoas de todas as idades ouvindo minha música. Fico muito feliz por isso".

2. "Brasileiro", seu novo álbum, aproxima seu trabalho autoral do universo da música brasileira com bossas e até um clima de axé dos anos 90. Como se deu essa influência?
"Essas influências sempre estiveram presentes. Fui criado ali em Consolação, bem perto da escola de samba Pega no Samba e, por mais que eu tenha tido uma formação musical erudita, eu nunca deixei de gostar de música popular. Samba, axé, pagode, tudo isso sempre esteve ao meu redor, mas só agora me senti pronto para trazer essas influências para as minhas composições".

3. No novo show, além das músicas autorais, você interpreta canções de Caetano Veloso, Billie Holiday e até um clássico do pagode. Como foram as escolhas do repertório desse trabalho?
"Tudo aconteceu de um jeito bem intuitivo, assim como o disco também foi feito. O critério foi: 'quero cantar essa música porque gosto muito dela'. Claro que busquei músicas que conversassem com minhas composições atuais, mas só entraram no show as músicas que me dão muito prazer de cantar. Isso faz uma diferença enorme no resultado final".

4. Anitta, Marisa Monte e Fernanda Takai são algumas das suas parcerias. Como você trouxe esses artistas - que são tão diferentes entre si - para o seu universo?
"Me divirto quando consigo fazer coisas distintas conversarem, caso contrário fica tudo monótono demais. Todos os artistas que trabalhei até hoje, Lulu, Gal, Marisa, Takai, Anitta, são artistas com uma identidade muito forte, e o interessante é poder imaginar como a música deles vai soar quando encontrar a minha. É divertido pensar e trabalhar assim".

5. O que você espera do público deste show, que promete ser especial?
"Espero comemorar o melhor momento da minha carreira na cidade em que nasci, fui criado e continuo a morar. Não tenho dúvidas de que será um momento que vou guardar pra sempre na memória. Amo Vitória, amo ser daqui e espero que as pessoas sintam a mesma alegria que eu estou sentindo nesse momento, mesmo com o País virado do avesso".

Acontece na sexta (7), às 21h05, na Praça Oito.


Para dúvidas ou informações sobre os serviços da Prefeitura, ligue 156 ou use o serviço on-line.


Voltar para o topo

Prefeitura Municipal de Vitória
Avenida Marechal Mascarenhas de Moraes, 1.927
Bento Ferreira, Vitória, ES - CEP: 29.050-945
Telefone: (27) 3382-6000 (Atendimento ao público de 12h às 19h)
Voltar ao topo do site