Prefeitura Municipal de Vitória

Atalhos de teclado:

Notícias

Viradão Vitória: evento termina com diversidade musical nos palcos do Centro

Publicada em 09/09/2018, às 05h00

Por Leo Vais (levsilva@vitoria.es.gov.br) | Com edição de Matheus Thebaldi


Leonardo Vais

Trio Ventaca

Na praça Ubaldo Ramalhete, o Trio Ventaca encerrou a programação do palco com um show baseado em música brasileira (Ampliar imagem)

Leonardo Vais

Léo de Paula

Músico e instrutor de percussão do Mucane, Léo de Paula, apresentou na Concha Acústica um recital baseado em vários instrumentos (Ampliar imagem)

As apresentações musicais que encerraram o Viradão Vitória marcaram a diversidade do evento. Às 20 horas, no Parque Moscoso, o músico e instrutor de percussão do Mucane, Léo de Paula, apresentou na Concha Acústica um recital baseado em vários instrumentos.

Léo apresentou um trabalho delicado e usou a marimba e o hang drum, um instrumento russo que lembra um disco voador, para executar as canções. No repertório, peças japonesas e um tema intitulado “Variações Carnavalescas”, de Edino Krieger.

"Essa obra é muito importante para mim porque eu amo o Carnaval. Para mim, além da diversão, o Carnaval é inspiração”, explicou o músico no palco do Parque Moscoso, que também recebeu a apresentação dos alunos de percussão do Mucane.

Praça Ubaldo Ramalhete

Às 20h05, na praça Ubaldo Ramalhete, o Trio Ventaca encerrou a programação do palco com um show baseado em música brasileira. Ritmos como o chorinho ganharam belas versões instrumentais com arranjos feitos pelo trio de violão, percussão e gaita. O público ouviu clássicos como “Lamento”, de Pixinguinha, além de músicas de Jacob do Bandolim e Toninho Horta.

Praça Oito

O Herança Negra comandou a festa do palco da praça Oito. Com um show pulsante que encerrou a programação do palco, o grupo, que contabiliza mais de 20 anos de estrada, aproveitou a oportunidade para lançar, durante o Viradão Vitória, o single “Segue o Baile”.

A técnica em segurança do trabalho Raquel Boldi curtiu a apresentação. “O Herança Negra arrasou. O som estava muito bom, eles cantaram canções de outras pessoas, seus clássicos, reggaes e agitou a galera com o som deles. Estava um momento bem especial”.

Casa Porto

Encerrando o evento, às 20h40, a carioca Nina Becker trouxe um pouco de tudo para o palco Casa Porto. Apresentou as canções do álbum “Acrílico” e fez do espaço uma grande festa com sambas, boleros e músicas de pegadas mais roqueiras.

A jornalista Aline Alves estava aproveitando o show com um grupo de amigos e o namorado e adorou rever a artista. "Eu já tive a oportunidade de ver Nina Becker ao vivo e fiquei feliz de saber que veria de novo, na minha cidade. Vim nos dois dias de Viradão, aproveitei a programação e já estou à espera do próximo!”.

Muito simpática, a cantora agradeceu o trabalho da intérprete de Libras e apresentou “Supermercado do Amor”, da Orquestra Imperial; "Solidão", de Dolores Duran, artista que ela classificou como “ídola”; e “Presente Cotidiano”, de Luiz Melodia.

E finalizou a apresentação agradecendo a oportunidade de tocar no Viradão Vitória, além de deixar um recado afetuoso para o público. “Muito obrigado. Vamos cuidar uns dos outros, cuidar de si, cuidar da gente. É uma ‘responsa’ viver”.

André Sobral

Nina Becker

Nina Becker encerrou programação no palco da Casa Porto

Leonardo Silveira

Viradão Vitória 2018 - Show Herança Negra

Herança Negra agitou o palco da praça 8 (Ampliar imagem)


Para dúvidas ou informações sobre os serviços da Prefeitura, ligue 156 ou use o serviço on-line.


Voltar para o topo

Prefeitura Municipal de Vitória
Avenida Marechal Mascarenhas de Moraes, 1.927
Bento Ferreira, Vitória, ES - CEP: 29.050-945
Telefone: (27) 3382-6000 (Atendimento ao público de 12h às 19h)
Voltar ao topo do site