Prefeitura Municipal de Vitória

Atalhos de teclado:

Notícias

Trabalho de Maruzza Valdetaro traz o lúdico para a exposição "Copo de Mar"

Publicada em 02/08/2017, às 19h20 | Atualizada em 02/08/2017, às 19h20

Por Leo Vais (levsilva@vitoria.es.gov.br) | Com edição de Eduardo Brinco


André Sobral

Manequins com caldas de sereia

"Roupa de Sereia", manequins ganham caudas que simbolizam os sete mares (Ampliar imagem)

Vestir sereias ou vender terrenos no céu. Essas metáforas lúdicas fazem parte do trabalho de Maruzza Valdetaro, umas das três artistas da exposição “Copo de Mar”, que abre para o público neste sábado (05), a partir das 11 horas, no Museu Histórico da Ilha das Caieiras “Manoel dos Passos Lyrio” – Museu do Pescador.

A aproximação da artista com a arte vem de pequena, quando as atividades relacionadas a criatividade ocupavam uma parte do seu tempo. “A minha relação com a arte começou na infância, pois sempre estava por conta de desenhar, pintar, colar e realmente me envolvia muito com as minhas tarefas” relembra Maruzza.

Exposição

A obra da artista que participa da mostra é “Roupa de Sereia”, em que manequins ganham caudas que simbolizam os sete mares. “A inspiração de roupa para sereia veio em decorrência do próprio Salão do Mar fazendo uma relação com a minha confecção que existe desde 1985”, explica a artista.

A mostra reapresenta ao público três trabalhos premiados nos Salões do Mar, nos anos de 1999 e 2001, e que pertencem ao acervo da Casa Porto das Artes Plásticas: "Cuidado com os Parcéis", de Rosindo Torres e "Atum Comestível", “Sólido ao Natural em Água e Sal", "Sardinhas em Molho de Tomate" e "Sardinhas em Óleo” de Júlio Schmidt, além do trabalho de Maruzza Valdetaro.

O trabalho ganhou o 3º Prêmio e Júri Popular na 3ª edição do Salão Capixaba do Mar, em 2001. Mais de uma década depois a artista acredita que a possibilidade de mexer com o imaginário e tirar as pessoas do lugar comum é o diferencial deste trabalho. “Roupa para Sereia me agrada, porque a fantasia é presente nela hoje e sempre” finaliza.

Sobre a artista

Maruzza Valdetaro é artista plástica, graduada pela UFES em 2003. Como artista plástica utiliza a fotografia, a instalação e a intervenção urbana. Realizou cinco exposições individuais no Espírito Santo e uma em Minas Gerais. Participou de exposições coletivas em São Paulo, Rio de Janeiro, Santa Catarina e Vitória. Trabalha e mora em Vitória.

Serviço
Exposição Copo de Mar
Obras de Júlio Schmidt, Maruzza Valdetaro e Rosindo Torres
Abertura: 05 de agosto, sábado, às 11 horas. Visitação: até 06 de outubro. Terça a sexta, das 13 às 17 horas. Sábado e domingo, das 11 às 15 horas
Onde: Museu Histórico da Ilha das Caieiras "Manoel dos Passos Lyrio" - Museu do Pescador - Rua Felicidade Correia dos Santos, 1095
Aberto ao público


Para dúvidas ou informações sobre os serviços da Prefeitura, ligue 156 ou use o serviço on-line.


Voltar para o topo

Prefeitura Municipal de Vitória
Avenida Marechal Mascarenhas de Moraes, 1.927
Bento Ferreira, Vitória, ES - CEP: 29.050-945
Telefone: (27) 3382-6000 (Atendimento ao público de 12h às 19h)
Voltar ao topo do site