Prefeitura Municipal de Vitória

Atalhos de teclado:

Notícias

Projeto "A Arte é Nossa" realiza nova intervenção no bairro Romão

Publicada em 07/09/2017, às 08h00 | Atualizada em 15/09/2017, às 17h58

Por Leo Vais (levsilva@vitoria.es.gov.br) | Com edição de Matheus Thebaldi


Divulgação Semc

Arte é Nossa no Romão

Renato Pontello (ao fundo da imagem) e Ed Brown (entre as crianças) fazem a intervenção artística em muro do Romão (Ampliar imagem)

Intitulado "Nosso bairro, meu quintal", o novo trabalho do projeto "A Arte é Nossa", que está sendo realizado no bairro Romão, apresenta uma relação entre o lugar no qual são contadas histórias e as ligações afetivas, a partir do olhar dos agentes locais.

O trabalho está sendo realizado pelo artista Renato Pontello e uma equipe de seis pessoas, com a participação do grafiteiro e educador do Romão Ed Brown. Além disso, a proposta do trabalho envolve a comunidade e promove a criação de espaços agregadores.

Etapas

O projeto está dividido em três etapas: Imersão, Criação e Execução. A Imersão foi realizada entre equipe e comunidade. O objetivo era definir o tema desenvolvido, por meio de reconhecimento do local, através das ruas e becos dos bairros, e entrevistas para coletar informações sobre história, referências e símbolos dos moradores.

Na Criação, o artista Renato Pontello e a equipe desenvolveram o conteúdo do processo criativo, que visa retratar a identidade e os valores presentes na comunidade. No momento, acontece a etapa de Execução, em que o layout do desenho está sendo pintado, envolvendo a participação de agentes locais, como crianças, fornecedores e artistas.

Esta ação do projeto "A Arte é Nossa" é uma parceria entre a Secretaria Municipal de Cultura (Semc) e a Secretaria de Gestão, Planejamento e Comunicação (Seges), com o apoio da Secretaria Municipal de Obras e Habitação (Semohab), Secretaria Municipal de Segurança (Semsu) e Central de Serviços e recursos financeiros do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

Divulgação Semc

Arte é Nossa no Romão

No momento, acontece a etapa de Execução, em que o layout do desenho está sendo pintado, envolvendo a participação de agentes locais (Ampliar imagem)

Valorização do artista

"Esta ação no bairro Romão, além de contribuir para o processo de produção, difusão, circulação e fruição da arte e da cultura, proporciona um momento de criação coletiva e de fortalecimento da noção de pertencimento da comunidade", explicou a coordenadora do projeto, Fernanda Bellumat.

Galeria urbana

O projeto "A Arte é Nossa" tem como objetivo humanizar os espaços públicos por meio de intervenções artístico-urbanas e, assim, democratizar a produção artística local para além dos espaços tradicionais de exposição.

Desde 2013, são 15 ações em muros e espaços públicos da cidade, através de parcerias com artistas locais ligados ao grafite, à arte-relevo e a outras técnicas. São eles:

Cartografia Olímpica: um encontro pela paz, união e amizade (Tancredão) - Juliana Lisboa e Renato Pontello

Pintura que representa os cinco continentes e celebra os valores olímpicos ao trazer os aros olímpicos e as marcações dos pisos esportivos - presentes em pistas de corridas e quadras de atletismo -, direcionando o fluxo e o movimento das pessoas. Trabalho contemplado com o Prêmio Arte Monumento Brasil 2016, da Funarte.

Passarela Maestro Maurício de Oliveira/ Ponte da Passagem (Jardim da Penha) - AQI Luciano

Trabalho reúne uma combinação exata de cores e a reprodução fiel dos rostos dentro de uma atmosfera particular. Trabalho realizado em parceria com a Politintas, por meio do Edital de Cadastramento de Empresas.

Muro do Cmei Terezinha Vasconcellos Salvador (Avenida Vitória) – Renato Ren

O trabalho foi inspirado nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2016 e retrata a visão do artista sobre as práticas esportivas. Trabalho realizado por meio do Edital de Seleção e Premiação de Atividades Artísticas e Culturais para a composição da programação da passagem da tocha olímpica por Vitória.

Garagem da Semad (Avenida Fernando Ferrari/ Goiabeiras) - Renato Ren

O trabalho foi inspirado nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2016 e retrata a visão do artista sobre as práticas esportivas. Trabalho realizado por meio do Edital de Seleção e Premiação de Atividades Artísticas e Culturais para a Composição da Programação da Passagem da Tocha Olímpica pela Cidade de Vitória.

Muro da Emef Maria Leonor Pereira da Silva (Praia de Santa Helena) - Dave Loewenstein, Karen Valentim e alunos da instituição

O painel representa as expectativas e os desejos futuros de cada um dos envolvidos. A imagem final se transformou em um desenho único. O trabalho faz parte do Intercâmbio Cultural Giramundo – Intervenção Urbana, segunda parceria entre a Secretaria Municipal de Cultura (Semc) e o Consulado Geral dos Estados Unidos da América no Rio de Janeiro.

Cardume de Cordas/ Muro da Fames (Centro Histórico) – Ficore Kabelera

Grafite que faz referência à baía de Vitória e aos instrumentos musicais, como o violão e o violoncelo, e tem como objetivo retratar a relação da música e a geografia do local.

Muro do estacionamento do Ministério da Fazenda (Centro Histórico) - Antonio Natural e Dione Salvador

Grafite e arte mural que criam um trajeto fictício para os tradicionais bondes, veículos usados como meio de transporte na primeira metade do século passado, entre edificações históricas da capital, como o Theatro Carlos Gomes e o Palácio Anchieta.

Muro da Fábrica de Ideias (Jucutuquara) – Emílio Aceti e Centro Grafitacional

Grafite baseado na proposta do espaço, que é difundir e valorizar a economia criativa.

Muro da Casa da Juventude (São Pedro) – Ficore Kabelera

Desenho livre inspirado na fotografia e no olhar de cada cidadão sobre a cidade.

Parque da Fonte Grande (São Pedro) – Antonio Natural e Dione Salvador

Trabalho em arte-relevo inspirado na fauna e na flora do Parque da Fonte Grande.

Tapume do Hidroavião (Santo Antônio) – Dione Salvador

Trabalho inspirado nas figuras tradicionais do samba e em seus foliões. Localizado próximo ao Sambão do Povo.

Tapume na praia de Camburi – Dione Salvador

O desenho foi inspirado em práticas esportivas para dialogar com os cidadãos que usam o espaço para se exercitar.

Escola Técnica Municipal de Teatro, Dança e Música Fafi (Centro Histórico) – Dione Salvador

Ação feita em comemoração ao dia da cultura e tendo como referência a música, o teatro e a dança.

Escadaria de São Benedito – Dione Salvador

Desenho livre inspirado no mangue, que é tão presente na paisagem natural da cidade de Vitória.


Para dúvidas ou informações sobre os serviços da Prefeitura, ligue 156 ou use o serviço on-line.


Voltar para o topo

Prefeitura Municipal de Vitória
Avenida Marechal Mascarenhas de Moraes, 1.927
Bento Ferreira, Vitória, ES - CEP: 29.050-945
Telefone: (27) 3382-6000 (Atendimento ao público de 12h às 19h)
Voltar ao topo do site