Prefeitura Municipal de Vitória

Atalhos de teclado:

Notícias

Plano de Metas: Semus capacita profissionais para enfrentamento da sífilis

Publicada em 14/08/2018, às 13h55 | Atualizada em 14/08/2018, às 14h42

Por Milene Miguel (mjmiguel@vitoria.es.gov.br) | Com edição de Deyvison Longui


Kadidja Fernandes

Médica atendendo grávida

O diagnóstico da sífilis gestacional é simples e o seu rastreamento é obrigatório durante o pré-natal.

Em resposta ao Plano de Enfrentamento da Sífilis Congênita visando reorientar as intervenções que vem sendo realizadas em Vitória, a Secretaria Municipal de Saúde (Semus) conseguiu reduzir 30% dos casos dessa doença infectocontagiosa em 2017 em relação ao ano anterior.

Para dar continuidade nesse fator, a Semus planejou para os próximos dias 15, 17, 22 e 24 deste mês, uma grande mobilização de enfrentamento da sífilis congênita, que será destinado aos profissionais da rede pública muncipal de saúde.

Esses encontros irão acontecer em todas as regiões de saúde de Vitória, onde médicos, enfermeiros e farmacêuticos, serão capacitados para atualização de manejo clinico da sífilis, teste rápido para detecção, monitoramento de casos, entre outros.

“Compreendemos que cada um que faz parte de nossa rede, nesta grande mobilização institucional, é produtor de boas praticas, indutor e articulador para enfrentamento deste desafio de redução da sifilis congênita”, disse a gerente de Vigilância em Saúde, Arlete Frank Dutra.

Sífilis

A sífilis é uma doença infectocontagiosa sistêmica, de evolução crônica, causada pelo treponema pallidum e apresenta altas taxas de transmissão vertical (da gestante para o bebê), podendo chegar a 100% dependendo da doença materna e da fase da gestação. O diagnóstico da sífilis gestacional é simples e o seu rastreamento é obrigatório durante o pré-natal.

A sífilis desenvolve lesões na pele, nos ossos e nas articulações, podendo causar aneurisma, meningite e paralisia geral. Aém disso, a forma congênita (passada da mãe para o bebê) pode causar aborto, prematuridade e baixo peso de nascimento, deformações ósseas, articulares e neurológicas, surdez e dificuldade de aprendizado.

Prevenção

A Secretaria Municipal de Saúde (Semus) oferta preservativos (camisinhas) masculinos e femininos em todas as unidades como método eficaz para prevenção às infecções sexualmente transmissíveis, como a Aids, alguns tipos de hepatites e a sífilis, além de evitar uma gravidez não planejada.

Durante a gestação, o casal com diagnóstico de sífilis ou HIV deve usar a camisinha para não transmitir essas doenças para o bebê. Por ano, são realizados, em média, 55 mil testes em laboratório para detecção da doença e 9 mil testes rápidos nas unidades de saúde.

Por isso, um dos indicadores do Plano de Metas 2018-2020 da Prefeitura de Vitória, é a redução dos casos de sífilis congênita.


Para dúvidas ou informações sobre os serviços da Prefeitura, ligue 156 ou use o serviço on-line.


Voltar para o topo

Prefeitura Municipal de Vitória
Avenida Marechal Mascarenhas de Moraes, 1.927
Bento Ferreira, Vitória, ES - CEP: 29.050-945
Telefone: (27) 3382-6000 (Atendimento ao público de 12h às 19h)
Voltar ao topo do site