Prefeitura Municipal de Vitória

Atalhos de teclado:

Notícias

Pesca ilegal: fiscalização da Semmam apreende 800 metros de redes de espera

Publicada em 01/06/2019, às 19h40 | Atualizada em 01/06/2019, às 20h17

Por Matheus Thebaldi (mgthebaldi@vitoria.es.gov.br) | Com edição de Matheus Thebaldi


Divulgação Semmam

Pesca ilegal

(Ampliar imagem)

Divulgação Semmam

Pesca ilegal

(Ampliar imagem)

Uma equipe da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semmam) apreendeu redes de espera predatória e ilegal de quase 800 metros durante ação de fiscalização náutica neste final de semana.

Foram 300 metros ontem (31), na altura do Tancredão (Canal da Passagem) e 500 metros hoje (dia 1º ), na Área de Proteção Ambiental (APA) Baía das Tartarugas, na praia de Camburi.

Vários animais marinhos estavam presos à rede, sendo alguns vivos, inclusive, três arraias. Imediatamente, eles foram devolvidos ao ambiente aquático. Outros foram encontrados mortos, como alguns siris com ova.

A ação percorreu o seguinte itinerário: Baía de Vitória, Estação Ecológica Municipal Ilha do Lameirão, APA Baía das Tartarugas e Baía do Espírito Santo.

"A equipe de fiscalização da Semmam realiza toda semana ações contra pesca predatória. É proibido pescar nessas áreas que compreendem a Baía do Espírito Santo e da Baía de Vitória. Essas redes acabam capturando muitas espécies e animais que estão em fase de crescimento, sendo que muito acabam morrendo. Ontem foi apreendida uma rede de espera de 300m na altura do Tancredão e o infrator estava no local. Ele foi notificado e será multado, cujo valor pode variar de R$ 700 a R$ 100 mil, dependendo das circunstâncias e dos agravantes. Hoje a rede tinha 500m e estava na altura de Camburi", disse Priscila Ligia Alvarino, gerente de Fiscalização da Semmam.

Legislação

De acordo com a lei nº 9.077/17, quem for flagrado pescando com qualquer tipo de rede na Baía do Espírito Santo e nos canais de Vitória e Camburi terá todo o material apreendido, pagará multas - que podem variar de R$ 700,00 a R$ 100 mil - e ainda responderá a processo por crime ambiental, podendo ser, inclusive, preso.

Gecopi

O Grupo de Combate à Pesca Ilegal (Gecopi), composto por Polícia Ambiental, Polícia Federal, Delegacia de Crimes Ambientais, Ibama e Capitania dos Portos, atua junto com a Semmam em ações de combate à pesca predatória.

Divulgação Semmam

Pesca ilegal

(Ampliar imagem)

Divulgação Semmam

Pesca ilegal

(Ampliar imagem)


Para dúvidas ou informações sobre os serviços da Prefeitura, ligue 156 ou use o serviço on-line.


Voltar para o topo

Prefeitura Municipal de Vitória
Avenida Marechal Mascarenhas de Moraes, 1.927
Bento Ferreira, Vitória, ES - CEP: 29.050-945
Telefone: (27) 3382-6000 (Atendimento ao público de 12h às 19h)
Voltar ao topo do site