Prefeitura Municipal de Vitória

Atalhos de teclado:

Notícias

Mucane 25 Anos: Monique Rocha canta o universo afro religioso de Clara Nunes

Publicada em 08/05/2018, às 14h38

Por Leo Vais (levsilva@vitoria.es.gov.br) | Com edição de Matheus Thebaldi


Monique Rocha/ Divulgação

Monique Rocha/ Divulgação

Monique Rocha vai apresentar o show "O Canto da Guerreira", em homenagem a Clara Nunes

Uma das maiores cantoras brasileiras, Clara Nunes construiu sua carreira nas décadas de 70 e início de 80 no samba, um gênero predominantemente masculino. Além disso, boa parte de suas canções era comprometida com a ancestralidade e as religiões de matriz africana.

A cantora e atriz Monique Rocha retoma esse universo no show "O Canto da Guerreira", neste domingo (13), a partir das 16 horas, dentro da programação de 25 anos do Museu Capixaba do Negro "Verônica da Pas" (Mucane).

O show, que estreou em 2015, apresenta um pouco da sua história, seus trajes e gestual, além de seus grandes sucessos.

"Estar com o show 'O Canto da Guerreira' vai ser muito especial. Já desejava levá-lo ao Mucane há algum tempo, pois Clara Nunes foi a maior representante da cultura afro na música brasileira. E estar no aniversário de 25 anos do museu, no ano em que completa 35 anos a morte de Clara, é emocionante", afirmou a artista.

Universo afro e religioso

Para isso, Monique leva para o palco elementos que fazem referência ao universo afro e religioso de Clara, além de reproduzir seu figurino mais famoso, composto de adereços confeccionados com conchas. "Pra quem acompanha a minha carreira, a estética afro está presente no meu trabalho, seja na minha trajetória como cantora ou como atriz", explicou a artista.

No repertório, com os grandes sucessos de Clara Nunes, como "O Mar Serenou" e "O Canto das Três Raças", o samba predomina em suas diversas variações, mas também passeia por outros gêneros, como o baião, o batuque e as já citadas músicas de matriz africana, que mostram a miscigenação brasileira.

Participações

Além de Monique e sua banda, formada por dois violonistas e três percussionistas, a apresentação irá contar com a participação de passistas e da musa Raiane Leandro, da Unidos da Piedade, e baianas do Carnaval Capixaba.

Também se apresentarão a Cia de Dança Negraô, uma das mais importantes companhias de dança do Estado e responsável por difundir a dança afro no Espírito Santo, e do grupo de capoeira Besouro, que fará uma homenagem ao capoeirista e passista da Piedade Damião Marcos Reis, morto em março deste ano.

Segundo a artista, a apresentação será um momento único para o povo negro capixaba. "Preparamos um show com várias participações que representam a arte negra, como a capoeira e dança afro, além da participação de integrantes das escolas de samba. Preparamos um show que promete emocionar e levantar a plateia", finalizou a artista.

Serviço
Mucane 25 Anos "O Canto da Guerreira" - Com Monique Rocha
Quando: 13 de maio, domingo, a partir das 16 horas
Onde: Museu Capixaba do Negro "Verônica Pas" – Mucane – Avenida República, 121, Centro
Aberto ao público

Para dúvidas ou informações sobre os serviços da Prefeitura, ligue 156 ou use o serviço on-line.


Voltar para o topo

Prefeitura Municipal de Vitória
Avenida Marechal Mascarenhas de Moraes, 1.927
Bento Ferreira, Vitória, ES - CEP: 29.050-945
Telefone: (27) 3382-6000 (Atendimento ao público de 12h às 19h)
Voltar ao topo do site