Prefeitura Municipal de Vitória

Atalhos de teclado:

Notícias

Mostra resgata a história de personagens da Ilha das Caieiras

Publicada em 06/11/2018, às 17h50

Por Melissa Künsch (mwkunsch@vitoria.es.gov.br) | Com edição de Matheus Thebaldi


Divulgação Semc

Mostra Um Canoeiro Chamado Tempo

Exposição "Um Canoeiro Chamado Tempo" traz telas com histórias de personagens da Ilha das Caieiras

"Um Canoeiro Chamado Tempo", nova exposição da artista plástica Bruna Wandekoken, é muito mais do que um novo trabalho a estampar as paredes de um museu. É também a forma como ela encontrou de transformar em arte as histórias que ela ouve e vive desde sua infância na Ilha das Caieiras, bairro onde foi criada e mora.

Segundo a artista, a mostra, que entra em cartaz neste sábado (10) no Museu Histórico da Ilha das Caieiras "Manoel dos Passos Lyrio", mais conhecido como Museu do Pescador, é a junção de arte, história oral, memória e identidade.

"São coisas que vivo desde a infância e pesquiso há mais de 10 anos na universidade. Ouvir esses 'griôs', esses guardiões da memória da minha comunidade, trouxe identidade para a obra", explica a artista.

História

Continuação da mostra de fotografias e história "Retrato de Um Povo", "Um Canoeiro Chamado Tempo" foi construída a partir de relatos que ela ouviu durante as entrevistas.

De posse desses dados, ela partiu para uma pesquisa de campo que incluiu visitas ao Arquivo Público Municipal e ao Instituto do Patrimônio Histórico Nacional (Iphan) para coletar mais informações para as 18 aquarelas da exposição.

Segundo Bruna, todos os personagens relatados nas telas são da Ilha das Caieiras e, para personificá-los em apenas uma pessoa, ela criou o "Tempo", canoeiro que dá nome à mostra.

"O canoeiro aparecia em todas as entrevistas, aí resolvi criar esse personagem para contar a história de todos eles. A mostra segue uma cronologia que parte de Santa Leopoldina, quando esse canoeiro conduz um casal e seu bebê até a Vila Rubim pelas águas do rio Santa Maria. Os contos narrados por ele nessa viagem viraram as aquarelas", explicou.

Divulgação Semc

Mostra Um Canoeiro Chamado Tempo

Mostra da artista Bruna Wandekoken será exibida no Museu do Pescador e conta com 18 aquarelas

Interação

Para que o público consiga compreender essa viagem pelas águas e pela memória de um povo, Bruna Wandekoken planejou uma mostra interativa. Cada aquarela exposta será acompanhada da história que inspirou a tela, uma foto do morador que a contou e um QR Code pelo qual o visitante poderá ouvir a entrevista por meio do celular.

"A mostra foi pensada para ser interativa. Quando se trata de história oral, a gente precisa contextualizar e mostrar para o público o contexto em que foi criada aquela arte", explica.

Valorização

Para a gerente de Patrimônio Histórico e Cultural da Secretaria Municipal de Cultura (Semc), Patrícia Bragatto, "Um Canoeiro Chamado Tempo" é uma forma de valorizar todas essas histórias da região.

"A exposição resgata e valoriza a memória social e a cultura da região, além de ser um espaço de confluência de todas as manifestações culturais, visando principalmente ao desenvolvimento social. Nesse sentido, faz-se necessário o desenvolvimento de atividades que promovam e valorizem as manifestações culturais locais. Para tal, o trabalho de Bruna, assim como a pesquisa, o registro, a divulgação e o monitoramento permanente, são essenciais para o alcance dessa missão".

A mostra é a terceira atividade contemplada no edital de ocupação do Museu do Pescador 2018.

Serviço
“Um Canoeiro Chamado Tempo” - 
Mostra de aquarelas da artista plástica Bruna Wandekoken
Abertura: dia 10 de novembro, às 16 horas
Visitação: de terça a sexta, das 12 às 17 horas; e sábados e domingos, das 12 às 16 horas. Até dia 31 de dezembro
Local: Museu Histórico da Ilha das Caieiras “Manoel dos Passos Lyrio”. Rua Felicidade Correia dos Santos, 1095, Ilha das Caieiras
Informações: 3323-9993
Aberto ao público

Para dúvidas ou informações sobre os serviços da Prefeitura, ligue 156 ou use o serviço on-line.


Voltar para o topo

Prefeitura Municipal de Vitória
Avenida Marechal Mascarenhas de Moraes, 1.927
Bento Ferreira, Vitória, ES - CEP: 29.050-945
Telefone: (27) 3382-6000 (Atendimento ao público de 12h às 19h)
Voltar ao topo do site