Prefeitura Municipal de Vitória

Atalhos de teclado:

Notícias

Idosos participam de rodas de conversa na Semana de Educação Financeira

Publicada em 10/05/2017, às 13h18

Por Rejane Gandini Fialho (rgfialho@vitoria.es.gov.br) | Com edição de SEGES/SUB-COM


Divulgação Semas

Roda de conversa no CCTI

Idosos receberam várias orientações sobre educação financeira no CCTI de Jardim da Penha (Ampliar imagem)

Roda de conversa no CCTI

Defensores públicos deram dicas para que os idosos não fiquem endividados e não caiam em "ciladas" (Ampliar imagem)

Durante a Semana Nacional de Educação Financeira, os Centros de Convivência para a Terceira Idade (CCTI) realizam rodas de conversa com os idosos sobre a vida financeira. No encontro, os participantes podem esclarecer dúvidas relativas a juros, empréstimos, taxas, entre outros fatores.

A ação é uma parceria entre a Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas), por meio dos Serviços de Convivência para Idosos, a Defensoria Pública do Estado do Espírito Santo e o Conselho Municipal da Pessoa Idosa (Comid).

O defensor público Luiz César Coelho Costa, que atua no Núcleo de Defesa do Consumidor, destacou que os idosos passam por uma situação de vulnerabilidade quanto o assunto é finança. "No Núcleo de Superendividados, a maioria das vítimas é de idosos, sobretudo os aposentados, por causa do acesso financeiro. Essa situação de vulnerabilidade possibilita assédio das financeiras e bancos, e o idoso acaba ficando em uma situação muito difícil", explicou o defensor.

Violência financeira

O crime de violência financeira contra o idoso está registrado no Estatuto do Idoso, mas a ideia do grupo é possibilitar o acesso às informações para que a pessoa na terceira idade não enfrente problemas na área financeira. Assim, são abordados temas que tratam de prevenção e esclarecimento sobre os direitos e armadilhas nos financiamentos. Torpedos enviados ao telefone do idoso, por exemplo, dependendo da intensidade e da forma, podem ser considerados assédio e violência financeira contra o idoso.

Dúvidas

A aposentada Áurea Nogueira Wotkosky, de 64 anos, participou da palestra no CCTI de Jardim de Penha e aprovou a iniciativa. "Eu esclareci muitas dúvidas sobre taxas em boletos e possibilidades de ressarcimento. É a informação que o idoso precisa saber porque, no nosso tempo, era diferente", disse Áurea, que participa das oficinas de memória, alongamento e coral no CCTI. 

A roda de conversa abordou ainda a importância de acesso à informação para evitar que os idosos retornem ao quadro de endividados, além de dar esclarecimentor sobre taxa de juros e modalidades de empréstimos como o "falso consignado" (empréstimo pessoal com taxa muito alta e que ultrapassa o limite de 35%, com a garantia do consignado, porém descontado em conta corrente). 

Nesta quinta-feira (11), a roda de conversa acontece no CCTI de Maria Ortiz, às 14 horas. No CCTI do Centro de Vitória, o encontro está marcado para o dia 16 (terça-feira), às 14 horas.


Para dúvidas ou informações sobre os serviços da Prefeitura, ligue 156 ou use o serviço on-line.


Voltar para o topo

Prefeitura Municipal de Vitória
Avenida Marechal Mascarenhas de Moraes, 1.927
Bento Ferreira, Vitória, ES - CEP: 29.050-945
Telefone: (27) 3382-6000 (Atendimento ao público de 12h às 19h)
Voltar ao topo do site