Prefeitura Municipal de Vitória

Atalhos de teclado:

Acesso rápido

Notícias

Gripe: quase 20 mil novas vagas para agendamento on-line da vacina

Publicada em 04/05/2017, às 13h03


Marcos Salles

Enfermeira aplicando vacina em idosa

Idosos integram o grupo prioritário da vacinação contra o vírus influenza

A Secretaria Municipal de Saúde (Semus) recebeu nova remessa da vacina contra a gripe da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) e, com isso, abre, nesta sexta-feira (5), a partir das 19 horas, quase 20 mil vagas no sistema de agendamento on-line para todo o grupo prioritário em todas as 28 unidades de saúde de Vitória.

A marcação ficará aberta até o final da campanha nacional (26 de maio). Moradores do público-alvo que optarem por não fazer o agendamento terão acesso à vacina no Dia D (13 de maio), nas unidades de saúde.

A meta é imunizar, no total, 95.923 pessoas, entre gestantes, puérperas (mulheres que tiveram bebês há, no máximo, 45 dias), trabalhadores de saúde, pessoas portadoras de doenças crônicas (como diabetes e renais crônicos), idosos com 60 anos ou mais, crianças de 6 meses a menores de 5 anos e professores das escolas públicas e privadas.

Doses

A secretária municipal de Saúde, Cátia Lisboa, ressalta que o número de vagas disponibilizadas pelo sistema de agendamento on-line está condicionado à quantidade de doses recebidas do Ministério da Saúde e repassadas pela Sesa para a campanha do vírus influenza.

Sobre eventuais dificuldades de pessoas, principalmente de idosos, em lidar com a ferramenta tecnológica, a secretária reforça que todas as unidades de saúde estão organizadas e orientadas para acolher e auxiliar para realizar o agendamento on-line.

"Há uma equipe de retaguarda nas unidades para auxiliar essas pessoas a fazer o agendamento. A orientação, inclusive, é ter um olhar especial com a pessoa idosa, que tem as fragilidades próprias da idade", afirmou.

Unidades de saúde

Leonardo Silveira

Nilzete - Profissional da Saúde aplicando vacina

Pessoas do público-alvo podem fazer agendamento on-line em 28 unidades de saúde de Vitória (Ampliar imagem)

No total, 28 unidades de saúde do município estão realizando a vacinação contra a gripe: Andorinhas, Fonte Grande, Ilha das Caieiras, Jardim Camburi, Jardim da Penha, Maruípe, Praia do Suá, República, Resistência, Santa Luiza, Santo André, Santo Antônio, Vitória/Parque Moscoso, Alagoano, São Pedro V, da Penha, do Quadro, Grande Vitória, Consolação, Ilha de Santa Maria, Ilha do Príncipe, Itararé, Jabour, Jesus de Nazareth, Maria Ortiz, Santa Martha, São Cristóvão e Forte São João.

Trivalente

A vacina contra gripe fornecida pelo Sistema Único de Saúde (SUS) é trivalente e protege contra os vírus influenza A (H1N1), influenza A (H3N2) e influenza B (subtipo Brisbane).

A meta do Ministério da Saúde é vacinar 90% dos grupos prioritários de gestantes, puérperas, crianças, idosos e trabalhadores da saúde, reduzindo as complicações, as internações e a mortalidade decorrentes das infecções pelo vírus da influenza.

Comprovação

Trabalhadores de saúde e professores precisarão comprovar sua condição. Os primeiros podem apresentar crachá, contracheque ou declaração da instituição com documento com foto.

Já os últimos precisam apresentar declaração da instituição de que é professor ativo em sala de aula e documento com foto. Pessoas portadoras de doenças crônicas e não transmissíveis também são contempladas, mas precisam apresentar prescrição médica de indicação da vacina.

Gripe

A influenza é uma doença respiratória infecciosa de origem viral que pode levar a complicações graves e ao óbito. A transmissão ocorre por meio de secreções das vias respiratórias da pessoa contaminada ao falar, tossir, espirrar ou pelas mãos.

A vacinação é uma importante forma de prevenção, mas alguns cuidados básicos ajudam a defender o organismo de gripes e resfriados nas épocas mais frias do ano.

"No ambiente de trabalho ou em locais onde as pessoas passam muito tempo juntas, lavar as mãos deve ser uma prática constante. Algumas pequenas mudanças na rotina podem colaborar para a saúde de sua família e das pessoas com quem convivem diariamente", observa a referência técnica da Imunização de Vitória, Rubia Bonella.

Sintomas

Febre acima dos 39º; dor de cabeça intensa; calafrios; cansaço; tosse seca; dores musculares e nos olhos; e, em alguns casos, também podem ocorrer vômitos e diarreia.

Prevenção
  • vacinação anual;
  • lavar as mãos constantemente;
  • usar álcool em gel para higienizar as mãos;
  • evitar levar as mãos ao rosto e boca;
  • evitar aglomerações;
  • usar lenço descartável;
  • cobrir a boca com o braço ao tossir ou espirrar;
  • deixar as janelas abertas para a circulação do ar;
  • evitar fumar e permanecer em ambiente contaminado pela fumaça do cigarro, que irrita as vias respiratórias, facilitando as infecções virais e bacterianas;
  • fazer uma alimentação saudável, rica em verduras, frutas e legumes, e a ingestão de bastante líquido reforça as defesas do organismo;
  • manter a casa e os ambientes (inclusive o do trabalho) livres de poeira e sujeira, para evitar o agravamento de doenças simples, como a rinite e a sinusite, e as mãos limpas para evitar o contágio de doenças.

Informações à imprensa:

Maria Angela Siqueira (macsperini@vitoria.es.gov.br) | Tel(s).: 98889-5573

Com edição de Matheus Thebaldi


Voltar para o topo

Prefeitura Municipal de Vitória
Avenida Marechal Mascarenhas de Moraes, 1927
Bento Ferreira, Vitória, ES - CEP: 29.050-945
Telefone: (27) 3382-6000 (Atendimento ao público de 12h às 19h)
Voltar ao topo do site