Prefeitura Municipal de Vitória

Atalhos de teclado:

Notícias

Forte São João e Romão recebem academia do idoso e horta comunitária

Publicada em 04/01/2018, às 12h00 | Atualizada em 04/01/2018, às 15h59

Por Marcus Monteiro (mmonteiro@vitoria.es.gov.br) | Com edição de Marcus Monteiro


Central de Serviços

Academia no Forte São João

Aparelhos da Academia Popular da Pessoa Idosa (APPI) já estão instalados no Forte São João (Ampliar imagem)

André Sobral

Grafite no Romão

Rebaixamento do piso da rua José Martins da Silva e muro de grafite fazem parte do conjunto de intervenções nos bairros Romão e Forte São João (Ampliar imagem)

A Prefeitura de Vitória inaugura neste sábado (6) as obras da Academia Popular da Pessoa Idosa (APPI), com equipamentos em aço inox, e da horta comunitária no bairro Forte São João.

Foram concluídas ainda a proteção de uma nascente de água, destinada a regar a horta, e uma pintura em grafite nos muros entre os bairros Romão e Forte São João. As intervenções foram realizadas com recursos do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), no contrato Procidades, com investimento de R$ 147.546,92.

Rebaixamento

Os equipamentos fazem parte do pacote de intervenções na Poligonal 2 (Forte São João, Cruzamento e Romão), da qual faz parte a obra de rebaixamento do greide da rua José Martins, que é uma importante obra de mobilidade que mudou a vida das pessoas que residem na parte mais alta do bairro Romão.

Na ocasião, o piso da rua José Martins da Silva foi rebaixado em até cinco metros, reduzindo a inclinação da rampa que impedia o acesso de veículos de grande porte na principal via do bairro. Assim, ficou mais fácil o transporte de materiais de construção, mudanças, passagem de caminhões de entrega de eletrodomésticos.

Além da intervenção no nível da rua, foram necessárias obras de contenção e guarda-corpos para garantir a estabilização das encostas escavadas. No total, foram 100 metros de intervenção na parte mais alta da via, de onde foram removidos 2,6 mil metros cúbicos de terra, o equivalente a cerca de 430 caminhões de material. Em paralelo à retirada da terra, aconteceram obras de contenção para garantir a estabilidade do terreno.

Fim do depósito irregular de lixo

Os locais da academia e da horta foram escolhidos em função da disponibilidade de espaço e da proximidade da horta de uma fonte natural de água. Assistentes sociais da Secretaria Municipal de Obras e Habitação (Semohab), Secretaria de Saúde por meio dos técnicos da Semus/GAS, lideranças e moradores do bairro, formaram um grupo no qual estão sendo capacitados para o plantio, colheita e cuidados com a horta comunitária.

O vice-prefeito e secretário de Obras e Habitação, Sérgio Sá, explica que a proposta de ocupação da área, antes usada como depósito irregular de lixo, surgiu da própria comunidade. "Após conversa com os moradores, eles optaram por um equipamento que permitisse a prática esportiva, a convivência comunitária, além de evitar o depósito irregular de lixo no local".

Uma equipe de arquitetos da Semohab esteve no local para analisar o local e, assim, desenvolver um projeto que atendesse às demandas solicitadas pelos moradores.

Horta comunitária

A horta comunitária tem nove canteiros suspensos. Para proteger a nascente que fica ao lado da horta, foi construída uma bica para molhar as plantas cultivadas no local.

"Com a criação da horta comunitária, vamos estimular o autocuidado e o consumo consciente das plantas "medicinais através do cultivo, preparo e uso", disse a coordenadora do programa Hortas Comunitárias da Prefeitura de Vitória, Henriqueta do Sacramento.


Para dúvidas ou informações sobre os serviços da Prefeitura, ligue 156 ou use o serviço on-line.


Voltar para o topo

Prefeitura Municipal de Vitória
Avenida Marechal Mascarenhas de Moraes, 1.927
Bento Ferreira, Vitória, ES - CEP: 29.050-945
Telefone: (27) 3382-6000 (Atendimento ao público de 12h às 19h)
Voltar ao topo do site