Prefeitura Municipal de Vitória

Atalhos de teclado:

Acesso rápido

Notícias

Famílias recebem nova oportunidade de construir suas vidas com o CadÚnico

Publicada em 12/05/2017, às 12h40


Paula Bourguignon

Cadastro de famílias no CadÚnico

Tiago de Almeida Pereira foi até o Cras de Itararé preencher os seus dados para estar inserido no CadÚnico (Ampliar imagem)

Cadastro de famílias no CadÚnico

Equipe da Secretaria de Assistência Social também visitou o Cajun de Andorinhas para orientar as famílias para inserção no CadÚnico (Ampliar imagem)

Mudança de vida e inserção social. Essas são conquistas oportunizadas a 118 famílias por meio do Cadastro Único do Governo Federal (CadÚnico), nesta sexta-feira (12). Estão sendo cadastradas as famílias que estavam ocupando a Casa do Cidadão, em Itararé. O objetivo é identificar as pessoas, entender quais são suas dificuldades e como inseri-las em programas sociais implementados por União, estados e municípios.

Um dos representantes do movimento, Tiago de Almeida Pereira foi até o Cras de Itararé preencher os seus dados para estar inserido no CadÚnico. "Seria uma porta de entrada para os programas sociais. Hoje, buscamos nossa habitação e moradia. Então, seria o primeiro passo para uma mudança de vida e para nossa dignidade. Estarmos inseridos no CadÚnico é a chance de colocarmos a nossa família debaixo de um teto".

O cadastramento foi oferecido em quatro equipamentos da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas): Centro de Referência de Assistência Social (Cras) de Itararé; Cajun de Engenharia/Itararé, Cras de Santa Martha e Cajun de Andorinhas.

A liderança do movimento das pessoas que estavam acampadas na Casa do Cidadão apresentou à Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) uma lista contendo o nome de 246 famílias, das quais 118 não tinham ainda o cadastro no CadÚnico.

Autonomia

"Através do CadÚnico, as famílias passam a ter acesso aos serviços e benefícios da política de assistência social e estão inseridas no cadastro nacional que é referência em todo o País. Assim, podem planejar suas vidas e buscar uma certa autonomia para vencer a vulnerabilidade social com a qual elas convivem. É um diferencial para elas, fazendo com que essas famílias se planejem com ações que possam melhorar suas condições financeira, econômica e social", explicou a secretária ,unicipal de Assistência Social, Iohana Kroehling.

Perfil

Fazendo parte do CadÚnico, a família pode ser beneficiada por programas como Bolsa Família, Tarifa Social de Energia Elétrica e Telefone Popular. Podem ser cadastradas as famílias de baixa renda:

  • que ganham até meio salário mínimo por pessoa
  • que ganham até 3 salários mínimos de renda mensal total

Se você tiver dúvidas se sua família pode fazer parte do CadÚnico, procure um Centro de Referência de Assistência Social. Veja a lista aqui.  É necessário apresentar pelo menos um documento de todas as pessoas das famílias: Certidão de Nascimento, Certidão de Casamento, CPF, Carteira de Identidade, Certidão Administrativa de Nascimento do Indígena (RANI),e Carteira de Trabalho ou Título de Eleitor.


Informações à imprensa:

Paula M. Bourguignon (pmacbourguignon@vitoria.es.gov.br) | Tel(s).: 3382-6130

Com edição de Matheus Thebaldi


Voltar para o topo

Prefeitura Municipal de Vitória
Avenida Marechal Mascarenhas de Moraes, 1927
Bento Ferreira, Vitória, ES - CEP: 29.050-945
Telefone: (27) 3382-6000 (Atendimento ao público de 12h às 19h)
Voltar ao topo do site