Prefeitura Municipal de Vitória

Atalhos de teclado:

Notícias

Escola da Vida: pessoas em situação de rua fazem tratamento dentário

Publicada em 05/08/2019, às 16h10 | Atualizada em 13/08/2019, às 13h28

Por Paula M. Bourguignon (pmacbourguignon@vitoria.es.gov.br) | Com edição de Matheus Thebaldi


Guiomedce Paixão

Eliane de Souza dos Santos foi atendida pela Escola da Vida

Eliane de Souza dos Santos foi atendida pela Escola da Vida, saiu da situação de rua e passou por tratamento dentário (Ampliar imagem)

Guiomedce Paixão

Eliane de Souza dos Santos foi atendida pela Escola da Vida

"Quando vi o molde de como ficaria o meu dente, minha pressão subiu e comecei a chorar. Foi emocionante", disse Eliane (Ampliar imagem)

Um novo capítulo se inicia na vida de Eliene, Liliane e João Rubens. Essas quatro pessoas viveram em situação de rua e hoje conseguem enxergar uma nova forma de pensar, agir e até sorrir. A parceria entre Escola da Vida e a rede solidária Vitória do Bem fez a diferença na vida deles e permitiu que passassem, inclusive, por tratamento dentário. 

"A Escola da Vida ajudou a melhorar minha autoestima. Eu não tinha mais expectativa nenhuma. Tudo que eu preciso parece que eles têm varinha mágica e conseguem, seja um curso ou um tratamento dentário. Eu não tinha esse sorriso até os meus 37 anos. Eu sorria travada e parecia banguela. Não tinha nenhuma foto minha com esse sorriso aberto como é hoje por conta do problema na minha dentição", revelou Eliene de Souza dos Santos, de 37 anos.

Emoção

"Um dia o técnico que me acompanhava no Centro de Referência Especializado de Assistência Social para População de Rua (Centro-Pop) me falou que eu iria à dentista. Expliquei para ela que tinha muita coisa para fazer. Mas a Escola da Vida e a dentista se preocuparam comigo. Achei isso muito bacana. Quando vi o molde de como ficaria o meu dente, minha pressão subiu e comecei a chorar. Foi emocionante", disse Eliene.

Voluntária

A responsável por devolver o sorriso a Eliene foi a doutora Luzinetti Maria Mattede, com 39 anos de profissão. Ela é uma das voluntárias da rede Vitória do Bem e se sente feliz em fazer o bem ao próximo.

"Me sinto muito feliz em fazer eles voltarem a sorrir. Sentimos como se eles estivessem voltando a reingressar na sociedade, pois, antes, eles se sentiam um pouco excluídos e não conseguiam sorrir. Após essa conquista, eles se sentem mais seguros de si. Isso é uma forma de agradecer a Deus, tamanha bondade que Ele tem por nós", disse a dentista.

Dificuldades

Ela conta as dificuldades pelas quais já passou: "Já tive que trabalhar muito nesta vida, como auxiliar de serviços gerais e cozinheira. Com a crise de 2015, perdi meu emprego. Assim fui para as ruas. Agora estou conseguindo me reestruturar novamente. Voltei a estudar por meio da modalidade Educação de Jovens e Adultos (EJA), fiz cursos na Escola da Vida e pretendo recuperar a guarda do meu filho, o Lucas Emanuel, de 8 anos", disse Eliene.

Superação

"A Escola da Vida sempre está me levantando. Realmente aqui é como uma mãe. Antes, não via esperança de como sair da situação de rua. Achava que iria viver o resto da minha vida nas calçadas, por não ter parentes que olhem por mim. Desde fevereiro, saí das ruas. Todos os dias tenho que vencer. Tive o privilégio do meu filho passar as férias comigo. Foi Deus quem me proporcionou isso. A Escola da Vida não deixa eu me perder", ponderou Eliene.

Escola da Vida

"Temos articulado grandes parceiros no município. Uma das coisas que fazem a diferença para essas pessoas em situação de rua voltarem ao mercado de trabalho é o tratamento dentário, já que os dentes vão se danificando com o tempo, principalmente os dentes da frente. Se não tiver um acompanhamento mais adequado, eles tendem a ficar mais frágeis e sensíveis. Esse tratamento dentário vai além disso, fortalece a autoestima e o empoderamento, até eles voltarem a acreditar nos seus próprios sonhos. Isso não pode ser perdido. Isso, com certeza, faz a diferença na vida de todos", comentou o gerente da Escola da Vida, Luiz Melo.

Guiomedce Paixão

Doutora Luzinete, voluntária da rede Vitória do Bem

Doutora Luzinete é voluntária da rede Vitória do Bem e oferece tratamento dentário a pessoas em situação de rua (Ampliar imagem)

Guiomedce Paixão

Luiz Melo, diretor da Escola da Vida

"Esse tratamento dentário fortalece a autoestima e o empoderamento, até eles voltarem a acreditar nos seus próprios sonhos", disse Luiz Melo (Ampliar imagem)


Para dúvidas ou informações sobre os serviços da Prefeitura, ligue 156 ou use o serviço on-line.


Voltar para o topo

Prefeitura Municipal de Vitória
Avenida Marechal Mascarenhas de Moraes, 1.927
Bento Ferreira, Vitória, ES - CEP: 29.050-945
Telefone: (27) 3382-6000 (Atendimento ao público de 12h às 19h)
Voltar ao topo do site