Prefeitura Municipal de Vitória

Atalhos de teclado:

Notícias

Dia dos Animais: ações da Semmam garantem cuidados e bem-estar deles

Publicada em 04/10/2018, às 19h02 | Atualizada em 05/10/2018, às 08h32

Por Amilton Freixo de Brito (afbrito@vitoria.es.gov.br) | Com edição de SEGES/SUB-COM


Secretaria de Gestão, Planejamento e Comunicação

Dia dos Animais

(Ampliar imagem)

O Dia Municipal dos Animais é comemorado nesta quinta-feira (4), conforme a lei nº 8.439/2013. Porém, para a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semmam), a preocupação com o bem-estar dos animais é diária, seja na execução de projetos e ações que envolvem a Semmam ou a Secretaria Municipal de Saúde (Semus), seja através de projetos de Educação Ambiental e também no resgate frequente de animais silvestres que são encontrados na zona urbana.

Educação Ambiental

A Gerência de Educação Ambiental (GEA) desenvolve, desde julho de 2017, o projeto "Educação Ambiental para Guarda Responsável de Animais Domésticos", que tem como principal objetivo sensibilizar a população quanto aos direitos, deveres, hábitos e condutas dos tutores em relação aos animais domésticos e aos direitos desses animais.

Durante o primeiro ano do projeto, foram realizados processos educativos em quatro Escolas Municipais de Ensino Fundamental (Emefs), nos bairros Jardim Camburi, Jardim da Penha, Santo Antônio e Andorinhas, com atividades que envolveram 630 alunos e professores.

Foram também realizadas três formações sobre a temática "Guarda responsável de animais", com participação de cerca de 290 pessoas, entre servidores da Semmam, agentes de combate a endemias e voluntários da campanha Praia Limpa.

Também houve abordagem educativa em cerca de 15 Feiras de Adoção de Animais, em parceria com o Centro de Vigilância em Saúde Ambiental (CVSA) e instituições/protetores independentes, resultando na adoção de mais de 50 animais, entre cães e gatos.

"Somente levando a Educação Ambiental para as escolas e comunidades, envolvendo alunos, professores e pais, poderemos realizar um trabalho perfeito do ponto de vista ambiental, em que os animais, plantas e todos os seres vivos precisam viver em harmonia. Educar é nossa meta e proteger, a nossa missão. Vamos levar sempre a informação para uma vida saudável e ecologicamente correta para a nossa cidade", destacou o secretário municipal de Meio Ambiente, Luiz Emanuel Zouian.

Animais Silvestres

Divulgação Semmam

Resgate de animais silvestres

(Ampliar imagem)

Técnicos da Semmam estão treinados para atuar em resgates de diversas espécies da fauna de Vitória em toda a cidade. Em 2011, através da lei complementar nº 140/2011, o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) transferiu a responsabilidade de gestão de fauna para os municípios.

Em 2012, o Ibama ministrou um curso de manejo e contenção de animais silvestres para os funcionários da Semmam, quando foi iniciado um trabalho ativo de recolhimento de animais silvestres na zona urbana da capital.

A partir da criação da equipe de resgate, que pode ser acionada através do telefone (27) 99724-2788, já foram resgatadas diversas espécies, como corujas, bem-te-vi, urubus, teiús, jiboias, gambás e tatus. Somente em 2018, a equipe de resgate da fauna silvestre atendeu a 291 chamados.

Cada espécie resgatada é avaliada e, dependendo do caso, os animais são reintroduzidos imediatamente em uma das Unidades de Conservação administradas pela Semmam ou então levados para o Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas) para serem tratados e reabilitados para voltar ao habitat natural. Em 40,6% dos resgates, os animais foram reintroduzidos logo após o resgate, enquanto 27,8% dos animais foram encaminhados para o Cetas.

Os bairros com o maior número de chamados são Santa Lúcia e Goiabeiras, ambos com 10,4% dos atendimentos em 2018, seguidos de Praia do Canto, com 9,3%, e Jardim Camburi, Centro e Fradinhos, com 8,3%.

GBEA

A Gerência de Bem Estar Animal (GBEA), criada em dezembro de 2014, realiza um trabalho importante referente a denúncias de maus-tratos aos animais, através do 156.

De julho de 2017 a junho de 2018, foram registrados 252 chamados, ficando a equipe responsável pelo acompanhamento, resolução ou encaminhamento das denúncias. As vistorias são realizadas pela equipe técnica, em parceria com agentes ambientais da Gerência de Fiscalização.

A equipe da GBEA também realiza feiras de adoção com protetores independentes e também feiras realizadas pelo CVSA, onde são feitas abordagens educativas aos tutores.

CAIMAM

O Centro Ecológico Caiman, localizado na Reserva da Vida Silvestre da Mata Paludosa (Parque da Fazendinha), em Jardim Camburi, é o primeiro centro de conservação, pesquisa e educação ambiental de jacarés do Brasil.

O projeto Caiman é referência no estudo e na conservação dos jacarés-de-papo-amarelo no Brasil e tem atuado fortemente na proteção desses animais em terras capixabas.

Entre os pilares da iniciativa, estão a pesquisa aplicada à conservação dos jacarés e da Mata Atlântica, educação ambiental, turismo, formação de jovens pesquisadores e reabilitação de jacarés. O Centro Ecológico Caiman é uma iniciativa do Instituto Marcos Daniel e da Prefeitura de Vitória.

Baleia Jubarte

A Prefeitura de Vitória e o Instituto Baleia Jubarte estão desenvolvendo ações de conservação e estímulo ao turismo ecológico na capital. A sede do instituto no Espírito Santo ficará no Memorial da Paz, onde também funciona a galeria Cônego Maurício Pereira, na Praça do Papa, na Enseada do Suá.

Semestralmente, a Prefeitura de Vitória promove mutirões de limpeza da baía de Vitória visando manter o mar limpo para a preservação das tartarugas e de toda a fauna marinha de Vitória.


Para dúvidas ou informações sobre os serviços da Prefeitura, ligue 156 ou use o serviço on-line.


Voltar para o topo

Prefeitura Municipal de Vitória
Avenida Marechal Mascarenhas de Moraes, 1.927
Bento Ferreira, Vitória, ES - CEP: 29.050-945
Telefone: (27) 3382-6000 (Atendimento ao público de 12h às 19h)
Voltar ao topo do site