Prefeitura Municipal de Vitória

Atalhos de teclado:

Acesso rápido

Notícias

Circuito Afro celebra empoderamento negro e aniversário do Mucane

Publicada em 15/05/2017, às 17h01


Ingrid Rocha

Afro Centrão

Lavagem das escadarias foi um dos momentos mais marcantes do Afro Centrão (Ampliar imagem)

Ingrid Rocha

Afro Centrão

Na escadaria e igreja do Rosário, houve um mergulho na história da Irmandade de São Benedito (Ampliar imagem)

A região central da capital recebeu, no último sábado (13), o primeiro Afro Centrão: Circuito Afro do Centro Histórico de Vitória, evento que propôs a ressignificação da data, que historicamente desconsidera a vivência da população negra do Brasil, além de celebrar os 24 anos do Museu Capixaba do Negro "Veronica da Pas" (Mucane).

"Quero parabenizar não apenas o Mucane, mas todas as pessoas que ocupam e usam esse espaço democrático e o tornam cada vez mais vivo", afirmou o secretário municipal de Cultura, Francisco Grijó, durante o evento.

O trajeto contemplou espaços - entre a rua Barão de Monjardim e a região do Parque Moscoso - que atuam em defesa das questões étnico-raciais, através de diversas linguagens. Além disso, teve a proposta de dar visibilidade e protagonismo à luta da comunidade negra e sensibilizar a respeito da temática étnico-racial.

O evento começou no Mucane, com a apresentação do músico e instrutor do museu Léo de Paula, acompanhado de alunos da oficina de percussão. Na sequência, a socióloga e mestre em História Munah Malek Felicio apresentou um panorama da historiografia oficial do Dia da Abolição da Escravatura e como o negro é invisibilizado na construção da história do Brasil.

Ingrid Rocha

Afro Centrão

Tambores de congo deram o tom da lavagem das escadarias (Ampliar imagem)

Divulgação Semc

Afro Centrão

Alunos da oficina de percussão do Mucane fizeram apresentação cultural (Ampliar imagem)

Trajeto

O grupo saiu do Mucane na companhia do monitor Estevão Meireles, do projeto Visitar, que apresentou cada um dos espaços: Instituto das Pretas, Ponto Black, Raiz Forte, Espaço Hip Hop e Casa da Barão.

No Núcleo Afro Odomodê, aconteceu o sarau "EmpreteSENDO", que contou com a participação dos poetas Jackson Ferreira, Jaiara Dias, Janio Silva e Juplin Jones, além da intervenção de participantes que acompanhavam o trajeto.

Na escadaria e igreja do Rosário, um dos mais belos momentos do trajeto, houve um mergulho na história da Irmandade de São Benedito, através dos tambores de congo, da música e da poesia, para finalizar com a lavagem das escadarias.

Reverenciando a tradição e os 24 anos do Mucane, a Velha Guarda do Samba Capixaba apresentou o show "O Samba Pede Passagem", com clássicos da música produzida no Estado e em todo Brasil.

Mucane

O Museu Capixaba do Negro “Veronica da Pas” (Mucane) é um espaço de convergência de serviços destinados à população negra e à comunidade em geral. No local, acontecem cursos e oficinas de formação artística, além de espaços para o debate e exposições voltadas para a história e identidade negra.

Divulgação Semc

Afro Centrão

Thais Souto Amorim e secretário Francisco Grijó destacaram a importância do Mucane para a sociedade e valorização do negro (Ampliar imagem)

Ingrid Rocha

Afro Centrão

No Núcleo Afro Odomodê, aconteceu o sarau "EmpreteSENDO" (Ampliar imagem)


Informações à imprensa:

SEGES/SUB-COM - Prefeitura de Vitória | Tel(s).: 3382-6128 / 3382-6129

Com edição de SEGES/SUB-COM - Prefeitura de Vitória

Com colaboração de Leonardo Vais


Voltar para o topo

Prefeitura Municipal de Vitória
Avenida Marechal Mascarenhas de Moraes, 1927
Bento Ferreira, Vitória, ES - CEP: 29.050-945
Telefone: (27) 3382-6000 (Atendimento ao público de 12h às 19h)
Voltar ao topo do site