Prefeitura Municipal de Vitória

Atalhos de teclado:

Notícias

Carnaval 2019: shows e blocos atraem cerca de 60 mil pessoas em Vitória

Publicada em 07/03/2019, às 17h10 | Atualizada em 08/03/2019, às 16h19

Por Leo Vais (levsilva@vitoria.es.gov.br) | Com edição de Josué de Oliveira


Divulgação Semc

carnaval de vitória

Turistas e capixabas lotaram as ruas e a animação foi contagiante nos quatro dias de carnaval

Luara Monteiro

carnaval de vitória

O Amigos da Onça levou uma multidão às ruas. A concentração foi na entrada da Gruta da Onça

O Carnaval do Centro Histórico de Vitória foi um sucesso. Um público de aproximadamente 15 mil pessoas por dia pode conferir uma programação diversificada. Passaram pelo palco da Praça Costa Pereira 14 apresentações musicais, entre bandas e DJ’s, além de 12 desfiles de blocos, nove pelo Centro e três em outros bairros da capital, garantindo a animação dos foliões.

“O Carnaval de Vitória foi, neste ano de 2019, o mais concorrido. Turistas e capixabas numa festa descontraída, alegre, que respeitou a diversidade em todos os sentidos. Tudo isso para proporcionar o aspecto central do Carnaval: a cultura popular em ebulição, tão fundamental a qualquer comunidade” disse o Secretário de Cultura, Francisco Grijó.

Shows

Na Praça Costa Pereira, palco dos shows da folia, a diversidade musical pautou a programação. Os DJ’s Gustavo Txai, com o Projeto Pindorama, Zappie e Fabi Roci apresentaram sets que valorizaram a pluralidade musical brasileira.

Entre os shows, a Orquestra Urbana de Vitória realizou um cortejo da Rua Sete até o palco principal. O Xá da Índia manteve a energia e não deixou ninguém parado. Silva fez todo mundo cantar junto e destacou o crescimento do Carnaval de Vitória. “Estou muito orgulhoso e gostando de ver esse Carnaval crescer. Muito obrigado. Aqui é minha casa”.

Divulgação Semc

carnaval de vitória

Os blocos de carnaval tomaram conta da cidade e atraíram moradores de toda a Grande Vitória

Flávio Almeida

Multidão se diverte no Bloco Bleque

Um público de aproximadamente 15 mil pessoas por dia se divertiu nas ruas de Vitória

Denys Lobo e Natália Bourguignon, casal morador do Centro, aproveitaram os quatro dias de folia. "Percebi o crescimento do evento que este ano tem mais atrações. Estou achando tudo muito organizado", disse Denys, que estava acompanhado dos amigos Ramon e Priscila, que são moradores do município de Serra.

Juana Zanchetta foi do samba ao pop. Emerson Xumbrega levantou o público com a força de um dos maiores puxadores de samba do Carnaval capixaba. A Orquestra AMMOR trouxe para o gênero fanfarra o pop, o rock e o funk e contou com a participação de Gabriela Brown e Diego Lyra.

A tradição do samba de raiz também passou pelo palco com os grupos 522 e Ilha. Diego Lyra levou o samba rock para a festa. Andréa Nery trouxe a Bahia e incendiou a Costa Pereira, que terminou a festa com as percussões e sopros dos cariocas do Afrojazz.

Blocos

Os blocos de rua tomaram as avenidas da cidade. Além do tradicional Regional da Nair, que levou uma multidão para Avenida Beira Mar, e do Bloco Bleque, que tomou conta da Jerônimo Monteiro, outros blocos se destacaram na folia.

O Afro Kizomba trouxe uma ala coreografada para tratar das questões ligadas a negritude. O Batuquedellas apresentou um repertório diversificado tocado por uma bateria formada exclusivamente por mulheres. O Puta Bloco e o Bloco do Chifrudo fizeram suas estreias nos desfiles e empolgaram o público. Em Goiabeiras, o Bloco Comunidade, e no Jabour, o Piranhas vs Machões mantiveram a tradição dos bairros.

O Bekoo das Pretas levou o clima dos anos 90 para a Avenida Beira-Mar e um som pop para a folia com dub, raggaton, afrobeats

Encerrando a programação, o Amigos da Onça levou uma multidão que se concentrou na Bica da Capixaba, na entrada do tradicional Parque Gruta da Onça, e ganhou destaque até no vídeo “Blocos”, do Porta dos Fundos.

“Estamos muito orgulhosos e extasiados com o cortejo do Bloco Amigos da Onça, construir essa festa é sempre um exercício inventivo, colaborativo e comunitário. Ocupamos o espaço público das ruas para compartilhar a alegria e propor um tempo de brincadeira, para celebrar a diversidade sexual e de gênero e para defender a autonomia e a liberdade de todos os corpos” disse Paulo Gois, um dos organizadores do bloco.

Bloquinhos e Matinês

Os pequenos foliões também se divertiram com a programação de Carnaval. As Matinês Carnavalescas aconteceram no Parque Moscoso, em São Pedro e em Goiabeiras.

Marcela Junqueira estava no evento pela segunda vez na companhia da filha Lara e aprovou a matinê no Parque Moscoso. “É um espaço confortável para as crianças, é mais seguro, é arborizado, eu gosto muito”.

Os bloquinhos para o público infantil também foram outro destaque. O Regionalzinho da Nair, versão mirim do Regional da Nair, aconteceu no Parque Moscoso, e animou os pequenos foliões. Em Jardim Camburi, o Tô Baby garantiu a alegria dos pequenos foliões.

Flávio Almeida

Cantor Silva toca e canta em show em Vitória

O cantor Silva foi uma das atrações do Centro e destacou o crescimento da folia na Capital

Flávio Almeida

Marcela Junqueira e sua filha Lara participaram da matinê no Parque Moscoso

A criançada não ficou de fora. Eles curtiram a festa durante a matinê no Parque Moscoso


Para dúvidas ou informações sobre os serviços da Prefeitura, ligue 156 ou use o serviço on-line.


Voltar para o topo

Prefeitura Municipal de Vitória
Avenida Marechal Mascarenhas de Moraes, 1.927
Bento Ferreira, Vitória, ES - CEP: 29.050-945
Telefone: (27) 3382-6000 (Atendimento ao público de 12h às 19h)
Voltar ao topo do site